fbpx
Automobilismo

Líderes aumentam vantagem após quinta etapa

Provas da categoria Marcas & Pilotos têm confirmação de favoritismo no ECPA

Rodrigo Stefanini, piloto da Copa ECPA de Velocidade
Stefanini venceu as duas provas pela terceira vez nesta temporada: líder isolado (Foto: ECPA/Divulgação)

Na quinta etapa da Copa ECPA de Velocidade, disputada no último sábado (3), no autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo), os líderes das três divisões da categoria Marcas & Pilotos deram mais um passo rumo ao título da temporada. Restando três rodadas duplas para o encerramento do torneio, Rodrigo Stefanini, Rodrigo Tavares e Alexandre Peppe aumentaram a diferença na classificação da super, light e novatos, respectivamente. A próxima etapa está agendada para os dias 14 e 15 de outubro.

Diferente do que ocorreu na categoria Marcas & Pilotos, os líderes não pontuaram na rodada dupla da Fórmula 1.600

Stefanini venceu as duas provas da classe super – feito repetido pela terceira vez no ano. Depois de largar na segunda posição na primeira bateria, atrás do pole Gustavo Favoretto, e em sexto lugar na segunda corrida, devido à regra do grid invertido, que altera a posição dos seis primeiros colocados na primeira prova, Stefanini fez duas corridas. “Buscar o resultado é sempre mais complicado. Na primeira bateria foi ‘tranquilo’, pois só tinha o Gustavo na minha frente e ele acabou tendo problemas com a embreagem. Mas a segunda bateria foi bastante complicada, o meio do pelotão fica congestionado e cada uma das ultrapassagens tem que ser muito bem administrada para não enroscar com ninguém”, afirmou o piloto de Capivari.

As duas vitórias de Rodrigo Tavares na classe light mantiveram o piloto de Santos na liderança da divisão de acesso da categoria. As duplas formadas por Fernando e Carlos Wil, e Neimar Barbosa e Rinaldo Palace completaram o pódio nas duas outras provas. Na segunda bateria, a vitória ficou com a dupla Fernando e Carlos Wil, seguidos por Rodrigo Tavares e Rinaldo Palace. Alexandre Peppe foi outro piloto que voltou a vencer e também manteve a vantagem sobre os demais concorrentes na classe novatos, composta pelos competidores iniciantes. Adilson Gorga chegou na segunda posição e manteve a perseguição ao líder.

EXCEÇÃO

Diferente do que ocorreu na categoria Marcas & Pilotos, os líderes não pontuaram na Fórmula 1.600 e o pelotão da parte do meio da tabela se aproximou, embolando a classificação da categoria. A dupla formada pela dupla Cristiano e Raphael venceu as duas baterias da quinta etapa e foi quem mais avançou na tabela de pontos. Na primeira prova, a segunda colocação ficou com Gilberto Barreta seguido por outra dupla, Denísio e Roberto. Na segunda bateria, as segunda e terceira posições se inverteram, com Denísio e Roberto chegando em segundo e Barreta em terceiro.

Voltar