fbpx

Líder Esportes

Futebol

Ladeira abaixo: XV passa em branco e perde mais uma na A2

Bagunçado e sem padrão, Alvinegro perde para o Rio Claro em Santa Bárbara d'Oeste

*Capa: Arquivo/Michel Lambstein

O XV de Piracicaba está ladeira abaixo na Série A2 do Campeonato Paulista. Já são cinco jogos sem vencer, o último deles nesta quinta-feira (6), na derrota por 1×0 para o Rio Claro, no estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d’Oeste, pela 12ª rodada da primeira fase. O gol da noite foi anotado por Cesinha. Sem padrão, a atuação quinzista foi no mínimo ‘lamentável’ – o XV soma agora 435 minutos sem marcar gols: 90 contra Taubaté, Red Bull Brasil, São Bernardo e Rio Claro, e mais 75 minutos no confronto com o Oeste. Quinto colocado com 19 pontos, o Nhô Quim volta a campo no próximo domingo (9), às 20h, quando recebe o Juventus no Barão da Serra Negra.

ESCALAÇÃO

Desfalcado do técnico Moisés Egert, suspenso novamente pelo acúmulo de cartões amarelos, o time piracicabano foi comandado na beira do gramado pelo auxiliar Wagner Moraes. A equipe titular foi formada com Matheus Nogueira; Cleiton Savedra, Renan Dutra, Adalberto e Jefferson Recife; Gustavo Hebling, Felipe Manoel e Mazinho; Jean Dias, Juninho Potiguar e Érison. Com a derrota parcial no intervalo, Léo Duarte, Guilherme Garré e o estreante Matheus Lagoa ocuparam as vagas de Gustavo Hebling, Mazinho e Juninho Potiguar, respectivamente. A última cartada do XV foI com Marlyson no lugar de Savedra.

RESUMO

A primeira etapa expôs a carência dos dois times. O Alvinegro tentou ditar o ritmo do jogo, mas falhou nos passes e não teve movimentação suficiente para envolver a marcação adversária. Mazinho, escalado para articular o XV, pouco apareceu. O Rio Claro também não mostrou qualidade, mas foi eficiente, a rigor, na única oportunidade que teve. Aos 38min, o goleiro Rafael deu um chutão para frente e a bola sobrou com o meia-atacante Cesinha. O camisa 7 desfilou pela defesa quinzista, trouxe para o pé direito com tempo para finalizar e estufou as redes de Matheus Nogueira: 1×0.

O XV começou o segundo tempo em busca do empate, mas de forma desorganizada e aleatória. Aos 6min, Guilherme Garré fez lance individual e chutou com desvio, assustando o goleiro rival. Aos 14min, o time piracicabano teve boa chance de bola parada, mas a cobrança de Érison na lateral da área saiu sem qualquer perigo pela linha de fundo. Tímido no ataque, o Rio Claro teve boa ocasião para matar o jogo aos 26min: Denilson serviu Gian pela direita, mas a batida rasteira e cruzada saiu tirando tinta do poste esquerdo. Na última tentativa do XV, aos 38min, Marlyson exigiu boa defesa de Rafael em finalização de longa distância.

Voltar