fbpx
Futebol

Kadu e Macena são punidos e podem desfalcar XV

Jogadores cumpririam pena nas primeiras rodadas da Série A2 do Paulista

Macena pegou duas partidas de suspensão após a expulsão em São Caetano do Sul (Foto: Michel Lambstein)

Apesar do término da Copa Paulista, o departamento jurídico do XV de Piracicaba segue trabalhando para tentar reverter algumas punições aplicadas pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da FPF (Federação Paulista de Futebol) aos atletas e comissão técnica do clube. Na última segunda-feira (25), Raphael Macena foi julgado devido à expulsão na segunda partida da final da Copa Paulista, contra o São Caetano, no estádio Anacleto Campanella. O atacante foi punido com dois jogos de suspensão.

O time piracicabano tenta reverter a punição para o pagamento de cestas básicas, evitando assim que o atleta tenha que cumprir a pena nos dois primeiros jogos do Nhô Quim na Série A2 do Campeonato Paulista, em janeiro, contra Portuguesa (dia 22) e Audax (dia 26), respectivamente. Quem vive situação mais complicada é o também atacante Kadu, que foi julgado no dia 19 de novembro pela ‘confusão’ nos minutos finais do segundo jogo da semifinal contra o Mirassol, no Barão da Serra Negra.

O atacante foi penalizado com quatro partidas de suspensão e já cumpriu uma, contra o São Caetano, em Piracicaba. Curiosamente, Kadu poderia perder mais um jogo contra o Azulão, adversário do Alvinegro na terceira rodada da competição estadual. O preparador físico Rildo Dionísio, que também se envolveu no episódio, foi punido com dois jogos de suspensão. O XV de Piracicaba também tentará a reversão das penas por cestas básicas.

Voltar