fbpx
Automobilismo

Juventude e experiência dominam etapa da Fórmula Vee

João Pedro, 14, e Octávio Neto, 40, foram os vencedores da rodada no ECPA

João Pedro Maia foi o vencedor da primeira prova e lidera a Copa ECPA de Fórmula Vee (Foto: Cláudio Larangeira)
João Pedro Maia foi o vencedor da primeira prova e lidera a Copa ECPA de Fórmula Vee (Foto: Cláudio Laranjeira)

João Pedro Maia, 14, e Octávio Nucci Neto, 40, foram os vencedores de terceira etapa da Copa ECPA de Fórmula Vee, disputada no último sábado (22), em Piracicaba. João Pedro venceu a primeira prova do dia e ficou em terceiro lugar na segunda bateria. O piloto de Campinas manteve a liderança nas duas divisões da competição (Elite 1 e Elite 2). De quebra, João Pedro também ocupa o primeiro lugar na classificação geral da Fórmula Vee Júnior, categoria para garotos de 14 a 19 anos.

O experiente Octávio Nucci Neto, representante de Araras, ficou com a vitória na segunda corrida. Antes, ele havia sido o segundo colocado na prova inicial. Com os resultados do fim de semana, Nucci Neto permaneceu na vice-liderança nas duas divisões da Copa ECPA de Velocidade. Na categoria máster, destinada aos pilotos acima de 40 anos, o ararense segurou a ponta. A próxima etapa da competição, a quarta do total de oito previstas, será realizada no dia 20 de julho.

HOMENAGEM

A Fórmula Vee levou ao autódromo do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo um carro estilizado em homenagem a Niki Lauda, semelhante ao utilizado pelo ex-piloto na época em que ele iniciou a carreira na categoria, em 1969. O austríaco, lenda do esporte e tricampeão mundial de F-1, morreu em maio, aos 70 anos. “O Lauda foi um grande campeão que começou na Fórmula Vee. Estou fazendo o mesmo caminho e com o mesmo sonho de me tornar um piloto profissional”, disse João Pedro Maia.

O carro em homenagem ao austríaco foi conduzido pelo piloto Saulo Soares, de São Paulo. Foi a primeira participação dele na Copa ECPA de Velocidade. Os resultados foram um quinto e um sétimo lugares. “Eu participo normalmente do Campeonato Paulista, em Interlagos, e fiquei muito honrado por ter a oportunidade de guiar o carro especial em Piracicaba. Foi uma grande homenagem a um ídolo dos amantes do automobilismo”, complementou.

Voltar