fbpx

Líder Esportes

Muay Thai

Inside Lukas Bueno disputa evento em Araraquara

Com quatro atletas inscritos, time piracicabano participa do Diamond Muay Thai

Equipe Inside Lukas Bueno disputa o Diamond Muay Thai Araraquara
O treinador Lukas Bueno encara o evento como preparação para a temporada (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

A temporada 2019 começa para valer neste domingo (27) para os atletas da equipe piracicabana Inside Lukas Bueno. O primeiro compromisso do ano será em Araraquara, no Diamond Muay Thai. O evento, que é organizado pelo mestre Munil Adriano em parceria com Diego Ninja, começa às 10h e reunirá quatro atletas de Piracicaba. Em superluta pela categoria 52 kg, Joyce Franca estreia com um desafio importante: a lutadora vai enfrentar Má Nunes, pentacampeã brasileira e estrela do WGP Kickboxing.

Apesar do status da oponente, Joyce diz que encara o combate com a mesma responsabilidade que teria caso enfrentasse uma adversária ‘novata’. “É bastante responsabilidade e estou treinando todos os dias para dar o meu melhor. O fato dela (Má Nunes) ser um atleta mais experiente não tira a minha pressão. Eu tento encarar toda luta do mesmo jeito”, disse a piracicabana, que completou. “Me sinto mais preparada e sei que devo deixar a emoção de lado e usar mais a cabeça na luta”.

Em 2019, Joyce deve concentrar as energias nos eventos profissionais em três frentes: kickboxing, muay thai e MMA (sigla em inglês para Artes Marciais Mistas). “São possibilidades que estão abertas. Em relação aos treinos, vamos manter o mesmo ritmo e intensidade”, afirmou. Além dela, a Inside Lukas Bueno terá mais três representantes em Araraquara. Felipe Dittmann também fará uma superluta, na categoria 65 kg; João Osti participa de um combate no sub-17, divisão de peso 72 kg; e Juliano Cabelinho luta na classe 58 kg.

“É um evento pensado para ‘estrear’ o pessoal, que terá muitas competições em 2019. Serve como preparação”, afirmou o técnico Lukas Bueno. De acordo com ele, o fato de ser o primeiro campeonato da temporada será levado em conta na avaliação de desempenho de cada atleta. “A cobrança é menor, nessa época do ano queremos ‘tirar a ferrugem’, mas claro que vamos tentar ganhar. De qualquer forma, é um evento de aprendizado. Nossos objetivos são o Inside Rock, Paulista e Brasileiro, além do que aparecer no WGP ou Fight Pró”, finalizou o treinador.

Voltar