fbpx
Vídeos

Inabalável, Will nunca acreditou quando ouviu ‘Não’

Will Evangelista, jogador de basquete, é o 13º entrevistado do programa O LÍDER

*Capa: Arquivo/Líder Esportes

William Evangelista, ou simplesmente Will, jogador da seleção brasileira de basquete 3×3, é o décimo terceiro entrevistado do programa O LÍDER, parceria entre o portal LÍDER e a TV Unimep, que vai ao ar às sextas-feiras, às 20h, com reprise às terças-feiras, às 21h45, no canal 13 da NET Piracicaba. O ex-atleta do XV de Piracicaba atendeu a reportagem no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas e relembrou a trajetória no esporte desde quando começou, aos 18 anos, ao conseguir um emprego de mordomo no time feminino de Uberaba (MG).

“Na época, criaram uma equipe masculina em Uberaba e eu entrei no time. A rotina era cansativa: pegava o jornal às 4h30 e vendia das 5h às 7h. Depois, trabalhava como mordomo e treinava. Eram 24 horas por dia vivendo em função do basquete. Eu tenho orgulho de dizer que sou muito determinado e, quando quero alguma coisa, batalho para conseguir. Depende de mim, e se depende de mim, não tenho porque me sabotar. Eu saí de Uberaba em 2004 ou 2005. Tinha colocado na cabeça que iria tentar a sorte e fazer algumas peneiras. Fiquei quatro meses rodando e não consegui nada”.

Na entrevista, o jogador ainda fala sobre como chegou ao basquete 3×3 e conta como divide o tempo fora de quadra. “No XV, eu tive essa chance de estudar e escolhi a gastronomia. Faço marmitas saudáveis, sou confeiteiro, tenho especialização em bolos. Pretendo abrir um restaurante algum dia. Eu fico intercalando: chef Will, Will do basquete, marido e pai”. Confira a íntegra da matéria no vídeo acima.

Voltar