fbpx

Líder Esportes

Karatê

Hernani Veríssimo é tricampeão sul-americano

Atleta piracicabano conquista terceiro título no evento disputado no Equador

Hernani Veríssimo, lutador de karatê da equipe Sport Way Piracicaba
Hernani é tricampeão sul-americano de karatê: atleta mantém hegemonia (Foto: Líder Esportes)

Hernani Veríssimo é tricampeão sul-americano de karatê. A conquista foi sacramentada neste sábado (28), em Guayaquil, no Equador. O lutador piracicabano venceu as quatro lutas que disputou na categoria -75 kg para chegar ao terceiro título continental consecutivo. “Mais uma missão cumprida com sucesso. É uma sensação muito boa ser tri campeão sul-americano”, comemorou o atleta da Sport Way/Selam/Apreciate/Lourenço Alimentos/Arawaza, que representa o Exército Brasileiro.

Na classificação geral, o Brasil voltou a sagrar-se campeão com 17 medalhas de ouros, 15 de pratas e 33 bronzes, totalizando 65 conquistas. A segunda colocação ficou a Venezuela, com 12 de ouro, nove de prata e 17 de bronze. A seleção chilena fechou o pódio’ com 11 ouros, 12 pratas e 17 medalhas de bronze. Anfitrião, o Equador encerrou a participação com o quarto lugar (dez ouros, oito pratas e 15 bronzes). Peru, Colômbia, Bolívia, Panamá, Uruguai, Argentina e Paraguai, nesta ordem, completam o quadro de medalhas.

“O retrospecto do Brasil é excelente nos últimos campeonatos sul-americanos. A equipe confirmou o favoritismo e provou novamente que o trabalho caminha na direção correta”, elogiou o piracicabano Diego Spigolon, treinador da seleção brasileira de karatê. “A importância do Sul-Americano é grande devido aos pontos que concede para o ranking nacional, pensando em classificação para o Mundial. É também um caminho para obter a Bolsa Atleta pelo Ministério do Esporte”, completou.

SUPREMACIA

Ainda em processo de readaptação após ficar seis meses parado devido à lesão que sofreu no ombro direito, Hernani Veríssimo conquistou no Equador o terceiro título nesta temporada. Antes do tricampeonato continental, o lutador piracicabano havia vencido o Meeting Nacional da Seleção Olímpica e o Sport Way Open. O atleta ainda participou da etapa de Rabat (Marrocos) pela Premier League, principal evento do circuito mundial de karatê, mas acabou eliminado. Nas competições continentais, porém, Hernani defende marca invejável: na categoria sênior (adulto) desde 2016, ele nunca foi derrotado em pan-americanos ou sul-americanos.

Voltar