fbpx

Líder Esportes

Judô

Heisei fatura seis medalhas em Araraquara

Equipe piracicabana estreia com o pé direito na Copa Real União de Judô

A equipe Heisei medalhou com as seis crianças que participaram da Copa Real União (Foto: Gerhard Waller)

Na primeira competição disputada em 2018, a equipe piracicabana Heisei/Atmosphera encerrou a Copa Real União de Judô com seis medalhas conquistadas, sendo duas de ouro, três de prata e uma de bronze. O evento foi realizado na cidade de Araraquara, no último domingo (11). As judocas Danielle Franck e Isabela Curti foram as responsáveis por colocar a Heisei no lugar mais alto do pódio. Elas venceram as categorias sub-15 ligeiro e sub-11 super ligeiro respectivamente.

Na classe sub-9 meio-médio, Klaus Waller foi o segundo colocado, mesma posição alcançada por Matheus Costa na categoria sub-11 meio-médio. No sub-11 ligeiro, Danilo Pereira Franck faturou a medalha de prata, enquanto José Carlos Curti encerrou a participação com o bronze na classe sub-9 super ligeiro. “A avaliação é positiva. Foi o primeiro evento do ano e o trabalho que vem sendo feito deu resultados. A ideia inicial é que eles (judocas) pudessem adquirir a experiência que servirá para o aprimoramento”, disse o treinador Rene Mattos.

EQUIPES

Na competição de equipes, cada academia deveria inscrever um judoca nas categorias -66 kg e -73 kg, além de três atletas no peso livre. Porém, o time piracicabano participou do certame sem representantes na classe -66 kg. No sorteio, a Heisei foi emparelhada na estreia contra a favorita Rio Claro. “A chave tinha sete equipes e cada confronto tem cinco lutas. O regulamento é simples: quem conquistar três vitórias, vence o duelo e avança para a próxima fase”, afirmou Mattos.

“A primeira luta nós perdemos, pois não tínhamos o representante na categoria -66 kg, mas vencemos o segundo combate com o Walker Figueiroa (-73 kg) por ippon. Na terceira luta, com o peso livre, o Daniel Krieck perdeu para um adversário que tinha 20 kg a mais do que ele. Na quarta, eu venci um cara 12 kg mais pesado do que eu, por wazari. A classificação foi decidida na ultima luta, com o Zé (José Hyczy), que é faixa verde, e acabou perdendo para um rival de faixa marrom e 10 kg mais pesado do que ele. No geral, foi bastante positivo”, completou o treinador.

Voltar