fbpx
+ Esportes

Hapkidô, a arte que se adapta ao adversário

Nove alunos do Dojan Nippon se graduaram quinta-feira em Piracicaba

O grão-mestre Alexandre Gomes
O grão-mestre Alexandre Gomes conduziu o exame de graduação em Piracicaba (Foto: Líder Esportes)

O Centro de Alto Rendimento Dojan Nippon é conhecido pela qualidade da equipe de taekwondo, colecionadora de títulos internacionais. Porém, o local virou palco para graduação de nove alunos de outra arte marcial coreana na última quinta-feira (12): o Hapkidô, técnica praticada em exércitos e que busca os limites da defesa pessoal. A atividade teve duas horas de duração e foi conduzida pelo grão-mestre Alexandre Gomes, fundador da associação Um Yan Kwan e diretor do Instituto Nacional de Taekwondo.

Mestre em hapkidô (7º dan), Gomes construiu toda a carreira de atleta no taekwondo, arte em que também é 7º dan. O grão-mestre é tetracampeão brasileiro, bicampeão da Copa do Brasil e medalha de bronze no Campeonato Pan-americano de Lima, em 1988 – ele defendeu a seleção brasileira até 1993. Na condição de treinador, Gomes trabalhou com nomes como Geibson Marek, Jester Moraes, Luis Carlos Nunes e Sued Filho.

O hapkidô, que em tradução livre significa união da energia interior, tem como influência as lutas chinesa, coreana e japonesa, e presa pela variedade e velocidade de movimentos. A gama de técnicas é vasta e varia de acordo com o estilo da modalidade: acrobacias, arremessos, chutes aéreos, chutes baixos, defesa de armas brancas e armas de fogo, imobilizações, luta em solo, socos e torções.

Exame de graduação - Hapkidô

Ao todo, nove alunos participaram do exame de graduação de hapkidô no Dojan Nippon (Foto: Líder Esportes)

Voltar