fbpx
Muay Thai

GP 71 kg promete disputa acirrada pelo cinturão

Quatro atletas brigam pelo título da categoria na quarta edição do In Fight

Diego Edu Santos, lutador de muay thai
O lutador Diego Edu Santos promete dar show na quarta edição do In Fight (Foto: Arquivo Pessoal)

Faltam menos de dez dias para a quarta edição do In Fight e o clima já começou a esquentar na disputa pelo cinturão do GP 71 kg masculino, quando quatro lutadores entram no ringue em busca do título da categoria. O torneio amador de muay thai, organizado pela academia Inside Régis, acontece dia 4 de dezembro, no Centro Comunitário do Jardim Esplanada, em Piracicaba. Com mais de 40 combates confirmados, entre eles cinco GPs valendo cinturão nas categorias 57 kg (feminino), 60 kg (masculino), 65 kg (masculino), 71 kg (masculino) e 80 kg (masculino), e uma luta de boxe, a competição tem início previsto para as 10h.

Campeão paulista de K1, em 2015, pela CBKB (Confederação Brasileira de Kickboxing), quando encerrou três dos quatro combates que venceu por nocaute no primeiro round, Diego Edu Santos está ‘parado’ e ainda não lutou neste ano. Representante da equipe Inside/Extrema-MG, o atleta deixou de lado a possível falta de ritmo quando foi perguntado sobre o que espera do evento em Piracicaba. “A minha expectativa é a mesma de sempre. Apesar de estar parado, eu vou para dar show. E, se eu não nocautear, pode apostar que eu não vou deixar dúvidas para os árbitros”, disparou.

PONDERADO

Com um discurso mais cauteloso, Jefferson Araújo é um dos rivais que Diego Edu Santos terá pela frente no In Fight 4. Lutador da Fênix Team, sob o comando do treinador Fabiano Ching, Araújo entra no ringue embalado pelo histórico recente. Em 2016, o atleta disputou cinco lutas, com apenas uma derrota. As quatro vitórias conquistadas renderam a ele os títulos do SSF Contender Fight, Desafio Fight, Copa Getsemani e Copa FTT. Araújo não fala em resultados, mas espera repetir a performance em Piracicaba.

“Vou me doar ao máximo e colocar tudo que treinamos em prática para fazer excelentes lutas”, resumiu. Além de Diego Edu Santos e Jefferson Araújo, o GP válido pela categoria 71 kg será disputado por Wesley Carvalho, representante da equipe CT Nokaute, e Ilmário Machado, atleta do Team Fião. A programação de lutas começa às 10h. Os lutadores que disputarão os GPs pesam no dia 3, véspera do evento. Os ingressos serão vendidos no local ao preço único de R$ 10. A arbitragem fica a cargo da Abal (Associação Brasileira de Arbitragem de Lutas).

Voltar