fbpx
Futebol

FPF divulga sistema de disputa do Paulistão Feminino

Estreante na competição adulta, Caldeirão será o representante de Piracicaba

Seletiva de Futebol Feminino 2020 - Caldeirão Futebol Clube
A equipe do Caldeirão está confirmada na próxima edição do Campeonato Paulista (Foto: JAIs/Divulgação)

Com 16 equipes confirmadas, a FPF (Federação Paulista de Futebol) definiu as diretrizes para a disputa do Campeonato Paulista Feminino 2020. A competição tem início marcado para o dia 12 de abril e término agendado para 16 de agosto. Na primeira fase, os times se enfrentam em turno único, em 15 rodadas, com os oito melhores classificados avançando para o mata-mata. As eliminatórias serão disputadas em jogos de ida e volta, com a segunda partida na casa do clube com a melhor campanha. O empate no placar agregado leva a disputa aos pênaltis.

Em 2020, o torneio estadual terá seis equipes diferentes em relação ao ano passado, entre elas o Caldeirão Futebol Clube, representante de Piracicaba. Além do time comandado pelo técnico Leandro Silva, o Paulistão contará com  AD Taubaté, Ferroviária, Inter de Franca, Juventus, Nacional, Palmeiras, Portuguesa, Realidade Jovem, Red Bull Bragantino, Santos, São José, São Paulo, Taboão da Serra, União Mogi e o atual campeão Corinthians. A FPF divulgará a tabela do Paulistão na primeira quinzena de março.

“O Paulista é uma competição de altíssimo nível, será uma grande oportunidade para nós. O trabalho no Caldeirão está sendo bem executado, servindo de celeiro para as meninas. Basta ver as campanhas realizadas, sempre contribuindo com atletas para a seleção brasileira, além de revelar jogadoras que depois atuam fora do país”, afirmou Leandro Silva. De 2014 para cá, com exceção de 2018, o futebol feminino piracicabano tem ao menos uma jogadora convocada. A última foi Sainara Melo, chamada pela técnica da seleção brasileira sub-17, Simone Jatobá, para um período de treinamentos na Granja Comary, em novembro de 2019.

O Caldeirão é responsável pelo desenvolvimento do futebol feminino em Piracicaba. O projeto foi aprovado via chamamento público, em parceria com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), e atende meninas com idade mínima de 7 anos. As aulas são gratuitas e acontecem em três núcleos: Associação dos Funcionários Públicos Municipais de Piracicaba (segunda e quarta-feira, das 19h às 21h), Área de Lazer da Rua do Porto (sábado, das 9h às 10h30) e Tiro de Guerra (equipe de competição, segunda a sábado, das 15h às 17h).

Voltar