fbpx
Automobilismo

Fórmula Vee volta a Piracicaba dia 29 de agosto

Copa ECPA F/Promo Racing não terá presença de público na temporada 2020

A temporada 2020 da Fórmula Vee começa no dia 29 de agosto, em Piracicaba, com a Copa ECPA F/Promo Racing.
A Fórmula Vee volta ao ECPA, em Piracicaba, no dia 29 de agosto (Foto: Fernando Santos/Divulgação)

A temporada ‘caipira’ da Fórmula Vee começa no dia 29 de agosto, em Piracicaba, com a Copa ECPA F/Promo Racing. A competição, que será realizada no autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo), é uma das mais tradicionais da categoria. O calendário 2020 deveria ter começado em março, mas as corridas foram suspensas devido à pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). A disputa será iniciada seguindo os protocolos de segurança definidos para competições de automobilismo no Brasil e não terá presença de público.

Pilotos e equipe técnica deverão cumprir medidas de proteção como evitar aglomeração, usar máscara na área dos boxes e higienizar equipamentos. O procedimento é o mesmo já adotado no Campeonato Paulista de Fórmula Vee, que ocorre em Interlagos. “Realizamos no início do mês quatro provas em Interlagos, com a maior segurança possível, seguindo as medidas de proteção”, disse Flávio Menezes, diretor da categoria e da F/Promo Racing. “Vamos adotar o mesmo procedimento em Piracicaba, para que os pilotos se sintam confortáveis e seguros”, completou.

A programação da rodada de abertura será divulgada na próxima semana pela organização. Em 2020, a competição será exclusiva para os pilotos da F/Promo Racing. A Copa ECPA será dividida em duas categorias: Elite 1, com a soma dos pontos da primeira bateria de cada etapa; e Elite 2, com os resultados da segunda bateria. Haverá ainda classificação para Fórmula Vee Júnior (15 a 19 anos), Máster (+40 anos) e classificação geral. As provas terão transmissão online.

HOMENAGEM

Na etapa inicial, a categoria irá prestar homenagem ao engenheiro Ricardo Divila, que morreu em abril. Reconhecido internacionalmente, ele projetou os carros da Fittipaldi-Copersucar e trabalhou em equipes da Fórmula 1. Nos últimos anos, Divila desenvolveu os novos carros da Fórmula Vee, que passaram a utilizar câmbio de cinco marchas e suspensão traseira independente. Na primeira rodada da temporada, o piloto que somar o maior número de pontos nas duas baterias receberá o Troféu Ricardo Divila.

Voltar