fbpx
Futebol

Focado no acesso, XV estreia contra a Lusa

Alvinegro visita a Portuguesa, no Canindé, pela abertura do Estadual

Jéfferson Feijão, lateral-direito do XV de Piracicaba
Jéfferson Feijão, lateral-direito do XV de Piracicaba, será titular contra a Portuguesa (Foto: Vitor Prates)

Focado na conquista do acesso à elite do futebol estadual, o XV de Piracicaba estreia no Campeonato Paulista da Série A2 nesta quarta-feira (22), às 20h30, contra a Portuguesa no Canindé, em São Paulo. Na pré-temporada, o Nhô Quim realizou três jogos-treinos, tendo conquistado uma vitória (2×1) e um empate (0x0) contra o Capivariano, além de sofrer uma derrota (2×0) para o Velo Clube. Para brigar pelo acesso, a diretoria quinzista contratou nove jogadores. São eles: o goleiro Mota, os laterais Assis e Wallace, o zagueiro Diego Jussani, os meias Daniel Costa e Filipe Cirne, e os atacantes Caio Mancha, Érik Gabriel e Marcelinho.

Os reforços se juntaram aos 14 remanescentes da temporada 2019: os goleiros Fábio e Leonardo; os laterais Jéfferson Feijão e Robertinho; os zagueiros Douglas Marques, Gilberto Alemão e Paulão; os volantes Bruno Lima, Fraga e Hiroshi; o meia Rafael Mineiro; e os atacantes Erick Salles, Kadu e Raphael Macena. Formados nas categorias de base, o goleiro Igor, o zagueiro Muriel, os meio-campistas Samuel Andrade e Victor Adame, e os atacantes Érison e Fabrício devem ser inscritos na ‘lista B’ da competição.

Para o jogo de estreia, o técnico do XV, Tarcísio Pugliese,, não poderá contar com o goleiro Leonardo (lesão na coxa), o lateral-direito Robertinho (entorse no tornozelo), o zagueiro Douglas Marques (fratura no pé) e o atacante Erick Salles (artroscopia no joelho esquerdo). O Nhô Quim que deve entrar em campo contra a Lusa será formado por Mota; Jéfferson Feijão, Diego Jussani, Gilberto Alemão e Assis; Bruno Lima, Hiroshi e Filipe Cirne; Érik Gabriel, Kadu e Raphael Macena.

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta terça-feira (21), no Barão da Serra Negra, Pugliese avaliou a pré-temporada e a montagem do elenco. “Foi boa, bastante positiva. Chegaram atletas de bom nível para a gente e estamos confiantes de que podemos fazer um bom Campeonato Paulista esse ano. Que seja o mesmo campeonato e, se a gente mudar os últimos cinco minutos, está tudo resolvido. A expectativa é bastante positiva”, disse o treinador quinzista.

Voltar