fbpx

Líder Esportes

Opinião

Finalização

*Capa: Michel Lambstein

Com dez pontos em cinco jogos disputados (três vitórias, um empate e uma derrota), o XV de Piracicaba ocupa a quinta posição na tabela de classificação do Campeonato Paulista da Série A2 de 2019. Se não está ruim, também é necessário concordar que poderia ser melhor.

É verdade que jamais vai ganhar sempre. Normal e natural perder, empatar e ganhar. Faz parte. Porém, é necessário sempre conseguir o melhor quando a oportunidade se apresenta e não foi o que aconteceu diante do Nacional e Água Santa. Sinal que existe algo para ser melhorado ou aperfeiçoado. É preciso não esquecer que detalhes podem decidir, tipo gols marcados ou saldo de gols. É exatamente por esse motivo que o XV, embora esteja apenas três pontos do líder (Água Santa), ocupa a quinta posição. Saldo de gols favorece o Taubaté, a Portuguesa Santista e o Rio Claro.

Toda essa matemática mostra que a necessidade do XV é melhorar o rendimento. A defesa tem falhado em lances pontuais, porém, o ataque exagera desperdiçando as chances para gol. A finalização tem sido o grande problema. Pode-se creditar na conta da ansiedade, pressão e outras coisas mais, no entanto, fica muito claro que esse fundamento tem que ser aprimorado urgentemente. Cabe à comissão técnica e aos próprios jogadores buscarem a solução. Pode ser a pressa ou vontade exagerada de decidir e todos sabem que a pressa mais atrapalha do que ajuda. Então, o caminho é conversar, trabalhar a cabeça e naturalmente as finalizações. Chutar e muito nas preparações. Chutar das mais diferentes situações. Com a bola em movimento de perto e de longe.

De uma forma geral, a equipe alvinegra está bem. Numa análise completa, não decepciona. Pelo contrário. Inclusive dá mostras de ter condições para evoluir. Tem atrapalhado as lesões e provavelmente a necessidade de mais algum tempo na busca pelo melhor ritmo e entrosamento. Não se pode esquecer que esse grupo tem menos de três meses passando pelas contratações, treinos e jogos. Todos nós sabemos que um conjunto para render o esperado ou necessário necessita de determinado tempo de convivência.

Momento de se dedicar. E treinar. Neste sábado (9), o XV joga em Sertãozinho. Na quarta-feira (13), visita a Portuguesa Santista. Na sequência, dois jogos na Noiva da Colina (São Bernardo e Taubaté), sendo então possível se ter uma noção mais nítida da situação. O elenco do XV tem qualidade, no entanto é bom lembrar que o futebol exige diariamente preparação e aperfeiçoamento. Sempre é possível fazer melhor. Só não pode perder o foco.

Roberto Morais é jornalista e deputado estadual

Voltar