fbpx

Líder Esportes

Karatê

Figueira ‘tropeça’ e perde chance de vaga direta para Tóquio

Brasileiro foi eliminado na estreia em Lisboa e acabou ultrapassado pelo egípcio Ali Elsawy

Vinicius Figueira, lutador da seleção brasileira de karatê
Vinicius Figueira brigará pela vaga agora no Torneio Pré-Olímpico de Paris (Foto: Arquivo/Jan de Wild)

A etapa de Lisboa da Premier League, a Liga Mundial de Karatê, terminou com sabor de frustração para Vinicius Figueira. O karateca foi derrotado nesta sexta-feira (30) por Gianluca De Vivo, campeão italiano e vice europeu, e viu o egípcio Ali Elsawy avançar para as semifinais da categoria -67 kg. Com a combinação de resultados, Figueira desperdiçou a chance de conquistar a vaga direta para os Jogos Olímpicos. Apesar do revés, o brasileiro terá mais uma oportunidade para carimbar o passaporte rumo a Tóquio em junho, quando acontece o Torneio Pré-Olímpico de Paris.

Figueira iniciou a competição em Portugal com 360 pontos de vantagem sobre o egípcio no ranking olímpico. O título em Lisboa, entretanto, poderia render o total de 990 pontos para o campeão. O confronto direto poderia ocorrer apenas nas semifinais, conforme o chaveamento divulgado pela Federação Mundial de Karatê (WKF, na sigla em inglês), mas o brasileiro foi eliminado na primeira rodada. Na estreia contra Gianluca De Vivo, Figueira anotou o primeiro ponto, mas permitiu a virada para 3×1.

Ali Elsawy chegou às semifinais, o que garantiu os pontos suficientes para ultrapassar o brasileiro no ranking olímpico – os quatro primeiros colocados estarão em Tóquio. Figueira encerrou a participação em quinto lugar, fora da zona de classificação. Além dele, outros três brasileiros competiram em Lisboa, sob o comando do coordenador técnico piracicabano Diego Spigolon. Edmilson Santos (-60 kg) também foi eliminado na primeira fase, enquanto Nicole Mota (kata) perdeu na segunda etapa. Valéria Kumizaki (-55 kg) se despediu do certame nas oitavas de final.

Voltar