fbpx

Líder Esportes

Futebol

Fernandes aprova estreia, mas exige melhora

Técnico prevê melhora em Brusque; presença de público no Sul está garantida

Márcio Fernandes, técnico do XV de Piracicaba
Márcio Fernandes gostou do que viu na estreia, mas espera evolução (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A vitória por 1×0 sobre o São Paulo-RS, no último domingo (21), encheu de otimismo os torcedores do XV de Piracicaba. A reformulação parcial do elenco deixou o sofrimento da Série A2 do Campeonato Paulista para trás, e renovou o ânimo do clube na briga pelo acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. O técnico Márcio Fernandes elogiou a equipe pelo triunfo contra os gaúchos, mas reconheceu que ainda é preciso melhorar bastante para atingir o objetivo traçado para o segundo semestre.

“Para o primeiro jogo, acho que foi bom. Precisávamos vencer para ganhar confiança na competição, e isso foi importante. Ainda precisamos melhorar muito para pensarmos em algo a mais dentro da competição”, disse Fernandes. A forte chuva e o gramado pesado no Barão da Serra Negra obrigaram o treinador a fazer as alterações na equipe ainda no início do segundo tempo. Após ser poupado do treino da última quinta-feira (18), devido a dores na coxa, o meia Gilsinho foi o primeiro a deixar a partida.

“Quando acabou o primeiro tempo, o Gilsinho se queixou um pouco da contusão da semana. Eu ia tirá-lo, mas ele disse que dava para continuar. Quando percebi que houve uma queda de rendimento, fiz a substituição. O Robston também caiu um pouco na parte física e precisávamos dar um fôlego no meio, por isso trocamos. O Romarinho cansou, chegando à exaustão no final. Colocamos o Bruninho para criar uma condição de contra-atacar na velocidade. Acho que as substituições não foram da forma que esperávamos, pois poderíamos ter entrado melhor, mas isso é normal para começo de trabalho meu e deles, pensando em chegar ao entrosamento ideal”, complementou.

CALENDÁRIO

O XV de Piracicaba volta a campo no próximo sábado (27), às 16h, para encarar o Brusque, no estádio Augusto Bauer, em Brusque. Após apresentar os laudos técnicos, o clube catarinense recebeu nesta segunda-feira (22) a confirmação oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de que o local terá a presença de público. A equipe de Santa Catarina foi derrotada por 1×0 em sua estreia, atuando contra o Operário-PR, em Ponta Grossa (PR). Com três pontos conquistados, o Nhô Quim divide a liderança do Grupo 15 com os paranaenses. A primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D é realizada em turno e returno. Após seis rodadas, os 17 primeiros colocados, mais os 15 melhores segundos colocados, avançam para a próxima fase.

Voltar