fbpx

Líder Esportes

Ciclismo

Experiente, Marcos Novello é bronze no Brasileiro

Ciclista piracicabano mostra excelente desempenho e garante medalha no Nacional

Marcos Novello, ciclista
Marcos Novello, ciclista piracicabano, conquistou o bronze no Brasileiro (Foto: CBC/Divulgação)

Em Maringá (PR), o piracicabano Marcos Novello conquistou a medalha de bronze na categoria elite da modalidade Perseguição por Equipes do Campeonato Brasileiro de Pista, que terminou no último domingo (21). O ciclista competiu ao lado dos paranaenses Joel Prado Júnior, Rafael Pattero e Diego Diesel. Além dessa prova, o piracicabano ficou em sexto lugar na Madison, em duplas, ao lado de Pattero. Na Omnium, disputa individual com cinco provas, Novello venceu a etapa classificatória, ficou com a quinta colocação na scratch e terminou em décimo na race, mas abandonou por cansaço após 75 km pedalados em um curto período de tempo.

“Como não temos mais uma equipe de ciclismo na cidade eu estou competindo sozinho, porém, a Confederação Brasileira de Ciclismo permite que atletas avulsos se unam e montem um time. Me juntei a três amigos do Paraná que estão na mesma situação e montamos uma equipe para o Brasileiro. Por ser uma prova de nível técnico altíssimo, surpreendemos, pois conseguimos o quarto tempo na classificação e na final conseguimos melhorar ainda mais a marca e conquistar a medalha de bronze”, destacou Novello.

“A Madison também foi muito disputada e acabamos errando na escolha da marcha, mas ainda assim terminamos em sexto lugar. Na Omnium eu comecei muito bem, mas confesso que estava bastante cansado e vi que não poderia brigar por melhores posições, então desisti da prova. De forma geral, foi um ótimo campeonato e para ser sincero o mais forte dos últimos cinco anos, com nível técnico altíssimo e atletas extremamente preparados”, complementou o atleta piracicabano. Há 30 anos no ciclismo, Novello espera continuar competindo em 2022.

“Sempre haverá quem olhe o RG antes de ver a performance, e não há resposta melhor do que bons resultados dentro da pista para mostrar que o desempenho depende muito mais da qualidade individual e do comprometimento com os treinos do que somente a idade. Ano que vem certamente ainda estarei no ciclismo e, se as condições permitirem, disputarei as provas que mais gosto na modalidade: estrada, contrarrelógio e pista”, finalizou Novello, que ainda em 2021 tentará se encaixar em alguma equipe para participar da Volta Ciclística Internacional, entre os dias 3 e 5 de dezembro, nas cidades de Atibaia e Mairiporã.

Voltar