fbpx
Futebol

Evaristo Piza deixa XV; Felipe Manoel também sai

Treinador encerra segunda passagem no clube, que soma 15 rescisões de atletas

Evaristo Piza, técnico do XV de Piracicaba
Evaristo Piza não conseguiu levar o Alvinegro ao acesso na Série A2 (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba anunciou nesta segunda-feira (5) a saída do técnico Evaristo Piza, que dirigiu a equipe na reta final do Campeonato Paulista da Série A2. O treinador deixa o clube acompanhado pelo auxiliar Marco Antônio e o preparador físico Claudinho Creato. A diretoria do Alvinegro também confirmou a rescisão de contrato do volante Felipe Manoel – é o 15º jogador que rescinde o vínculo após a eliminação no Estadual, contra o São Caetano, nas semifinais.

Leia mais: Informações sobre o futuro do XV de Piracicaba, por Leonardo Moniz

“Só tenho a agradecer ao XV de Piracicaba por mais uma passagem. O sentimento de gratidão é compartilhado pelo Marco Antônio e o Claudinho. Agradeço ao clube, diretoria, comissão técnica e jogadores, pelo empenho e pela busca das metas traçadas. Não faltou trabalho, dedicação e profissionalismo. Nós tínhamos um grupo trabalhador e, mais uma vez, saio chateado por não termos conquistado o acesso”, disse Piza, que comandou o XV em 2018. Na época, o time também chegou às semifinais da Série A2, mas foi eliminado pelo Guarani.

‘Ninguém chega por acaso a três semifinais seguidas de Série A2. O trabalho deve ser mantido, o caminho é esse’

“Pela grandeza da camisa e da torcida, tenho certeza que isso (acesso) irá acontecer em breve. Ninguém chega por acaso a três semifinais seguidas de Série A2 do Campeonato Paulista, que é muito difícil. O trabalho deve ser mantido, o caminho é esse. Algumas situações que ocorrem nós não entendemos, porém, quem permanece não pode desanimar. Acredito que em 2021 o acesso virá. Desejo sucesso ao novo comandante, que ele possa atingir esse objetivo”, completou.

A reapresentação do elenco será às 15h30 desta terça-feira (6), no Barão da Serra Negra. O início da preparação para a Copa Paulista será focado nos testes físicos, sob o comando do preparador Leonardo Tabai. “Nós temos que agradecer ao Evaristo, Marco Antônio e Claudinho, que são extremamente profissionais e dedicados. O máximo foi feito para que o objetivo do acesso fosse atingido, mas, infelizmente, não foi possível. Desejamos muito sucesso aos três”, elogiou diretor de futebol, Ricardo Moura.

Ramon Bisson Ferreira, advogado do XV de Piracicaba

‘O XV deve entrar em qualquer competição para vencer’, afirmou Ramon (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

“Nós aqui continuamos trabalhando com afinco na montagem do elenco que irá em busca do título da Copa Paulista”, complementou o dirigente quinzista. “Temos que levantar a cabeça e visar os nossos próximos desafios. O XV de Piracicaba possui uma camisa muito pesada, tem muita tradição e deve sempre entrar nas competições pensando em vencê-las”, finalizou o executivo de futebol, Ramon Bisson. LÍDER publicou na última quinta-feira (1º) que o nome favorito para assumir o comando do Alvinegro é o do técnico Moisés Egert.

Voltar