fbpx
Muay Thai

Estreantes, alunos se destacam no Fusion Fight

Participantes de projeto social receberam incentivo de lenda viva tailandesa

Lukas Bueno e Dieselnoi Chor Thanasukarn, seminário internacional de muay thai
Lukas Bueno e Dieselnoi Chor Thanasukarn: lenda participa de seminário em Piracicaba (Foto: Líder Esportes)

No último domingo (5), sete alunos que integram o projeto Viva Vida, realizado na Casa do Hip Hop pelos professores Lukas Bueno, Tiago Marcelino e Rafael Alvarenga, que é conhecido como Rafael Amendoim, estrearam em lutas oficiais na terceira edição do Fusion Fight, evento de muay thai amador que aconteceu no Ginásio de Esportes Sebastião Ribeirão, na cidade de Santa Gertrudes. Os estreantes voltaram para casa com seis medalhas de ouro e uma de prata.

Dois dias antes do evento, os estreantes Adriel da Silva (-74 kg), Bárbara de Moraes (-52 kg), Bruno Alves (-80 kg), João Lucas Torina (-67 kg), Jonathan de Souza (-65 kg), Lucas Antonio (-60 kg) e Matheus Furlan (-62 kg) ganharam um incentivo para lutar: eles tiveram a oportunidade de participar de um seminário com a lenda do muay thai, Dieselnoi Chor Thanasukarn. O ex-atleta tailandês abriu mão da inscrição dos participantes do projeto e ainda os incentivou antes das lutas.

“Foi sensacional. São crianças e jovens que não têm condições financeiras. O Dieselnoi gostou muito deles e após o seminário conversou com todos, contou a sua história de vida e deu um ânimo pra eles não desistirem e isso fez muito a diferença. Eles lutaram no domingo como se fosse a décima luta deles. Saímos muito felizes de lá. Foi um dia que não vamos esquecer tão cedo”, destacou Lukas Bueno.

SEMINÁRIO

A visita de Dieselnoi Chor ao Centro de Treinamento Inside Lukas Bueno aconteceu no último dia 3. O ex-lutador foi campeão invicto no peso leve do estádio Lumpinee, maior e mais importante certame da Tailândia. O evento reuniu cerca de 40 pessoas. “Receber uma das três maiores lendas vivas do muay thai em minha academia, sendo o primeiro professor de Piracicaba a trazê-lo, foi uma gratificação enorme. Que agora mais professores possam fazer isso para que os alunos também tenham a oportunidade de conhecê-lo. Foi maravilhoso e gratificante”, finalizou Bueno.

Voltar