fbpx

Líder Esportes

+ Esportes

Equi-Arte quer expandir paixão pelo hipismo em Piracicaba

Gosto pelo esporte uniu os cavaleiros Rafael e Thiene, que construíram família e Centro Hípico

Centro Hípico Equi-Arte
A Equi-Arte foi fundada em 2016 com o objetivo de tornar a modalidade popular em Piracicaba

*Fotos: Aurélio Tornisiello | Equi-Arte/Divulgação

O gosto por cavalos e pelo hipismo foi um dos fatores que aproximaram os cavaleiros Rafael e Thiene Cruz. Naturais de São Paulo, o esporte foi uma espécie de ‘ponte’ para os dois se conhecerem, se casarem e construírem uma família. Hoje, eles são pais de dois filhos e os responsáveis pelo Centro Hípico Equi-Arte, motivos que os levaram a mudar da capital para Piracicaba. Ainda na infância e adolescência, Rafael e Thiene tiveram os primeiros contatos com os animais, amor que cresceu com o tempo até se tornar parte da família.

“Eu comecei a montar com 15 anos por incentivo do meu pai. Fiz aulas de hipismo, aulas de salto e rapidamente comecei a competir. Com a participação em torneios, peguei um gosto pelo esporte e nunca mais larguei. A Thiene teve contato com cavalos desde criança no sítio da família, mas não com o hipismo, que ela só começou a praticar aos 21 anos. Eu tinha a Hípica Santa Edwiges, em São Paulo, e a Thiene começou a visitar alguns lugares para levar o cavalo dela, assim acabamos nos conhecendo. Ela também morava na capital, mas montava na cidade de Tietê”, contou Rafael Cruz.

Centro Hípico Equi-Arte

Na atual temporada, a equipe piracicabana chegou ao segundo lugar do pódio no Torneio de Verão

A escolha por Piracicaba para a família Cruz foi tomada por diversos motivos. “Eu fiquei com a Hípica Santa Edwiges por 16 anos, desde a fundação até o momento da venda e da mudança. Quando eu e a Thiene nos casamos e tivemos o nosso primeiro filho, planejamos em um certo espaço de tempo mudar para o interior para ter uma vida mais tranquila longe da capital. A nossa ideia era a longo prazo, mas por um acaso da vida apareceu uma pessoa interessada em assumir a Hípica em São Paulo e aproveitamos a oportunidade”, disse o cavaleiro.

CENTRO HÍPICO

Fundado em 2016 com o objetivo de tornar a modalidade popular no município, o Centro Hípico Equi-Arte oferece aulas para crianças a partir dos 5 anos de idade e também conta com atletas de competição. “Piracicaba é uma cidade grande, com poder aquisitivo e com todo o charme do interior, mas que não tinha um foco nesse hipismo mais ‘refinado’. Aqui existem vários lugares para cavalos, mas voltados para western e quarto de milha, por isso nós quisemos solidificar o hipismo e principalmente o salto”, explicou.

Centro Hípico Equi-Arte

O gosto por cavalos e pelo hipismo aproximou Rafael e Thiene, e também deu origem ao Centro Hípico

Na atual temporada, a equipe piracicabana chegou ao segundo lugar do pódio no Torneio de Verão, realizado no Centro Hípico Santo Amaro, em São Paulo, com o conjunto formado pela amazona Thiene Cruz e pelo cavalo Delfina Polana, e com Karina Vicenzotto e o cavalo Corsário das Palmas. As medalhas de prata foram alcançadas nas provas de 1,20 m e 1 m amador, respectivamente. Por conta do decreto da fase emergencial feito pelo governo estadual para combater o coronavírus, os torneios previstos para o mês de março e abril foram adiados.

“O nosso plano para 2021 é continuar crescendo e estabelecendo o nome do Centro Hípico Equi-Arte aqui em Piracicaba. Estamos esperando essa situação da pandemia da Covid-19 passar para tudo se organizar, mas graças a Deus estamos conseguindo ultrapassar todas as dificuldades deste período e torcendo para que a vacina chegue logo para tentarmos voltar a uma ‘normalidade’ e traçarmos objetivos mais audaciosos para o futuro”, finalizou Cruz.

Voltar