fbpx
Futebol

Em jogo tenso, XV vence Santista e dorme na vice-liderança

Duelo teve expulsões dos dois lados e vitória definida aos 47min do segundo tempo

XV de Piracicaba x Rio Claro - Campeonato Paulista Série A2 2020
A vitória deixa o Alvinegro provisoriamente na vice-liderança da Série A2 do Paulista (Foto: Michel Lambstein)

Em jogo tenso desde o início, que teve um jogador expulso de cada lado, o XV de Piracicaba venceu a Portuguesa Santista por 1×0, neste sábado (7), no Barão da Serra Negra, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. O gol do Alvinegro foi anotado por Érik Gabriel, aos 47min do segundo tempo. Com o resultado, o Nhô Quim soma 19 pontos e ocupa provisoriamente a vice-liderança, enquanto aguarda o encerramento da rodada. O XV terá a semana livre para treinar antes de voltar a campo no próximo sábado (14), às 15h, para enfrentar o Taubaté no Estádio Joaquim de Morais Filho.

O duelo começou com os ânimos acirrados por parte das duas equipes. A primeira chance clara aconteceu aos 16min. Raphael Macena arrancou pelo lado direito e colocou Marcelinho na cara de João Lucas, que fez a defesa. No rebote, Kadu não conseguiu finalizar com precisão. A resposta da Briosa veio na sequência, aos 17min. Gabriel Terra cobrou falta com perigo e a bola passou rente à trave direita de Mota. Aos 23min, a equipe visitante teve um pênalti a favor. Santiago foi derrubado dentro da área por Douglas Marques e o árbitro João Vitor Gobi, confuso durante os 90 minutos, apontou para a cal. Na cobrança, Gabriel Terra chutou rasteiro no canto esquerdo e Mota fez a defesa.

Aos 25min, o tempo fechou: Gualberto atingiu Robertinho sem bola e os jogadores do XV foram para cima da arbitragem. Os reservas dos dois times entraram no campo e a confusão se formou. O jogo ficou mais de cinco minutos paralisado e o juiz expulsou o atacante Raphael Macena e o zagueiro Diego Borges. O Nhô Quim chegou de novo aos 50min. Em falta quase na risca da grande área pelo lado direito, Daniel Costa cobrou na cabeça de Diego Jussani, que desviou para o gol, mas a bola acertou a trave e voltou para as mãos do goleiro.

SEGUNDA ETAPA

O segundo tempo começou ‘morno’, com os dois times tentando explorar os lados do campo, mas sem sucesso. Aos 12min, Kalil carregou a bola pelo meio, limpou a jogada e finalizou com perigo, mas parou na boa defesa de Mota, que mandou para escanteio. Aos 18min, Jéfferson Feijão cruzou pelo lado direito, mas a bola passou por Érison e Kadu, que não conseguiram empurrar para gol. Três minutos depois, Daniel Costa tocou para Érison, que fez o giro sobre a marcação e chutou sem força – a bola saiu à direita do gol de João Lucas.

Na melhor oportunidade da segunda etapa, aos 32min, Daniel Costa tocou para Diego Jussani, que invadiu a área e cruzou para Robertinho finalizar de primeira no travessão. Aos 36min, a Briosa puxou contra-ataque e Barboza finalizou pelo lado esquerdo, mas Mota defendeu mais uma vez. O gol da vitória quinzista veio nos acréscimos. Aos 47min, Daniel Costa cobrou escanteio com ‘veneno’, João Lucas tocou e a bola sobrou limpa para Érik Gabriel empurrar para o gol e abrir o marcador antes do apito final: 1×0.

FICHA TÉCNICA

1   XV DE PIRACICABA

Mota; Jéfferson Feijão, Diego Jussani, Douglas Marques (Érison) e Paulão; Robertinho, Gabriel Soares e Daniel Costa; Kadu (Érik Gabriel), Marcelinho (Victor Adame) e Raphael Macena. Técnico: Tarcísio Pugliese

0   P. SANTISTAASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PORTUGUESA SANTISTA

João Lucas; Ferro, Gualberto, Diego Borges e Rômulo (Luis Felipe); Rayllan, Tauã, e Galego (Barboza); Gabriel Terra, Santiago (João Gabriel) e Kalil. Técnico: Sérgio Guedes

Gol: Érik Gabriel (XV) aos 47min/2ºT | Árbitro: João Vitor Gobi | Cartões amarelos: Daniel Costa, Jéfferson Feijão, Diego Jussani e Mota (XV); Rômulo, João Lucas, João Gabriel, Gualberto (PSA) | Cartões vermelhos: Raphael Macena e Douglas Marques (XV); Diego Borges (PSA) | Público: 1.906 pagantes | Renda: R$ 36.835,00,00

Voltar