fbpx
Futebol

Em jogo de 6 gols, XV empata com Audax no Barão

Alvinegro busca o resultado com três de Lúcio Flávio após ficar três vezes atrás no marcador

Lúcio Flávio, atacante do XV de Piracicaba
Lúcio Flávio marcou os três gols do time piracicabano contra o Audax (Foto: Michel Lambstein/XV de Piracicaba)

Diante de quase 1.000 pagantes, o XV de Piracicaba empatou por 3×3 com o Audax, neste sábado (5), no estádio Barão da Serra Negra, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Os gols do time de Osasco foram marcados por Marreta, Henrique e Felipe Lima, enquanto Lúcio Flávio balançou as redes em três oportunidades para o Nhô Quim. Com o resultado, a equipe piracicabana ocupa provisoriamente a sexta posição, com cinco pontos ganhos. O próximo confronto do Alvinegro é contra o Monte Azul, quarta-feira (9), às 15h, no estádio Otacília Patrício Arroyo.

ESCALAÇÃO

Após a derrota para o Juventus, o técnico Luciano Dias, pressionado no cargo, fez cinco alterações no time titular do XV e colocou em campo Belliato; Weriton, Luan Bueno, Sadoval e Kaique; Paraíba, Felipe Tontini e Rondinelly; Franklin, Lúcio Flávio e Diego Cardoso. No intervalo, o treinador tirou Paraíba e Diego Cardoso, apagado em campo, e colocou Adenilson e Lucas Silva, respectivamente. Aos 16min da etapa final, Warley substituiu Rondinelly. Aos 25min, Michel entrou na vaga de Felipe Tontini. Na última substituição do Alvinegro, Franklin deixou o gramado para a entrada de Edvan.

RESUMO

Com o objetivo de fazer valer o mando de campo, o XV deu a ligeira impressão de que não facilitaria a vida do Audax, mas não foi isso o que aconteceu. Aos 5min, o Nhô Quim triangulou bem com Franklin, que encontrou Lúcio Flávio dentro da área após lance coletivo. O camisa 9 fez um belo giro e mandou direto para o gol, mas parou na defesa de Jefferson Souza. Logo na sequência, o Audax respondeu. Em jogada rápida pelo lado direito, Sorriso cruzou na área, a zaga alvinegra falhou e Marreta ficou livre para estufar as redes: 1×0. O Alvinegro, então, voltou a mostrar falta de criatividade para atacar e foi para os vestiários com a derrota parcial.

No início da segunda etapa, aos 10min, Weriton foi derrubado dentro da área e o árbitro Pietro Stefanelli marcou pênalti para o Nhô Quim. Lúcio Flávio foi para a batida e cobrou alto, no canto esquerdo de Jefferson Souza, para empatar a partida: 1×1. O gol não trouxe a esperada tranquilidade aos comandados por Luciano Dias. Não deu para comemorar e, no minuto seguinte, os visitantes voltaram à frente do placar. José Romário invadiu a área pelo lado esquerdo, completamente livre, e encontrou Henrique, também sem marcação. O atacante do Audax não finalizou bem, mas Belliato foi incapaz de evitar o gol: 2×1.

Em busca da igualdade, o Alvinegro novamente apostava nas bolas paradas e chegou ao empate aos 35min. Warley cobrou falta na segunda trave, Lúcio Flávio desviou com a ponta da chuteira e deixou tudo igual: 2×2. O balde de água fria, porém, veio logo em seguida: aos 40min Felipe Lima recebeu na entrada da área, mais uma vez com tempo para pensar, e colocou a bola no ângulo esquerdo do goleiro quinzista: 3×2. Já nos acréscimos, aos 47min, Edvan fez a assistência para Lúcio Flávio, que levou nova vantagem pelo alto, testou firme e deu números finais ao placar: 3×3.

Voltar