fbpx

Líder Esportes

Futebol

Em casa, XV busca vitória para afastar pressão

Sétimo colocado, Alvinegro recheado de desfalques recebe São Bernardo

Fraga, volante do XV de Piracicaba
O volante Fraga deve recuperar a titularidade no meio-campo do XV de Piracicaba (Foto: Michel Lambstein)

Em busca de reabilitação, XV de Piracicaba e São Bernardo se enfrentam neste sábado (16), às 17h, no estádio Barão da Serra Negra, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Sétimo colocado com 11 pontos, o Nhô Quim não vence há duas partidas e precisa dar uma resposta em campo ao torcedor. O Bernô, que ainda não venceu no Estadual, ocupa a 14ª posição com quatro pontos somados, e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento em caso de novo tropeço.

Para reencontrar o caminho das vitórias, o técnico Tarcísio Pugliese terá que superar desfalques importantes. O atacante Ronaldo, artilheiro da equipe com quatro gols marcados, e o lateral-esquerdo Michel, receberam o terceiro cartão amarelo diante da Portuguesa Santista e cumprem suspensão automática. Ítalo deve ficar com a vaga do centroavante, enquanto Rubens Carvalho e Robertinho brigam para entrar na esquerda. O volante Fraga, que retorna de suspensão, deve ficar com o posto de Bruno Lima no meio-campo.

Com uma lesão na coxa, o goleiro Fábio continua em tratamento no departamento médico. O atacante Lucas Formiga permanece em fase de transição para o campo e também é desfalque para o jogo. O atacante Bruninho, recuperado de contusão, retornou aos treinamentos na última quinta-feira (14), mas ainda não será inscrito na competição. O experiente meia André Cunha treinou normalmente, mas mais uma vez não foi relacionado por opção técnica.

O Alvinegro deve entrar em campo com Luiz Fernando; Jéfferson Feijão, Douglas Marques, Gilberto Alemão e Rubens Carvalho (Robertinho); Fraga, Walfrido e Danilo Bueno; Misael, Kadu e Ítalo. Na próxima segunda-feira (18), às 16h, no Barão da Serra Negra, o Nhô Quim realizará um jogo-treino contra a Ponte Preta. O amistoso, que acontece com portões abertos, tem como objetivo observar e dar ritmo aos atletas não relacionados e os que atuarem por menos de 45 minutos contra o São Bernardo.

Voltar