fbpx
+ Esportes

Dupla foca na corrida para manter liderança em Itatiba

Angélica Tuono e Gabriel Peron de Godoy disputam a quinta etapa da 12ª Copa Interior

Além de competidora, Angélica também é preparadora física da equipe da Prefeitura de São Pedro (Foto: Arquivo Pessoal)

O Parque Luis Latorre, em Itatiba, será palco para a largada da quinta e penúltima etapa da 12ª edição da Copa Interior de Triathlon, agendada para o dia 13 de outubro. Motivados pela conquista do primeiro lugar na rodada de São Pedro, que aconteceu em agosto, os atletas Angélica Tuono e Gabriel Peron de Godoy estão na reta final de preparação para o próximo desafio. O evento, organizado pela Chelso Sports, conta com as modalidades de aquathlon, duathlon e triathlon, divididas nas categorias de distância olímpica, sprint e fitness.

Nadador desde cedo, com o foco voltado para as provas de piscina, Gabriel representa o Jaguar Team e começou a praticar a modalidade aquathlon há dois anos. O atleta compete na categoria sprint (20 a 24 anos), que inclui uma prova de natação (750 m) e uma corrida com a distância de 5 km. “Na minha categoria, não há muitos atletas, mas a minha intenção é me preparar cada vez mais para o aquathlon olímpico. Independente da falta de concorrência, sempre tento melhorar os meus tempos”, disse.

Na liderança, Gabriel reconhece a importância de treinar mais as corridas (Foto: Arquivo Pessoal)

Além de competidora, Angélica também é preparadora física da equipe da Prefeitura de São Pedro. A atleta está em primeiro lugar na modalidade duathlon sprint (20 a 29 anos), que é composta por duas provas de corrida (2,5 km e 5 km) e uma de ciclismo, com o percurso de 20 km. “Eu estou com uma expectativa bem alta para a etapa de Itatiba, tanto para mim, quanto para a equipe. Na minha categoria estão chegando algumas meninas bem fortes e isso é muito legal, porque aumenta o nível da competição e  da preparação”, destacou.

PREPARAÇÃO

Primeiro colocado na classificação anual da categoria que disputa, Gabriel está dedicando mais tempo aos treinos de corrida, visando a participação em Itatiba. “É o meu ponto fraco. Inclusive, tenho participado de provas isoladas de corrida de 5 km, que compõe a modalidade, mas não deixo a natação de lado para não perder o condicionamento. Estou mantendo um treino forte para os dois esportes”, contou o atleta.

Angélica, que também lidera a categoria, não esconde o amor pelo ciclismo, mas reconhece a necessidade de balancear os treinos entre as modalidades. “Amo o ciclismo, por mim eu treinaria muito mais do que corrida, mas é preciso ter um equilíbrio. Utilizamos uma estratégia por etapa, de acordo com os concorrentes, com a altimetria, enfim, todos esses fatores são analisados e fazemos uma preparação baseada nisso”, finalizou a preparadora física.

Voltar