fbpx
Futebol

Desfalcado, XV deve ter 4 atacantes no time titular

Com dores no joelho, o meia André Cunha não joga contra a Inter de Limeira

Tarcísio Pugliese, técnico do XV de Piracicaba
O técnico Tarcísio Pugliese concedeu entrevista coletiva no Barão da Serra Negra (Foto: Sara Yamaguti)

Restando dois dias para a estreia no Campeonato Paulista da Série A2, o XV de Piracicaba confirmou nesta quinta-feira (17) mais um reforço para o elenco. Após participar da pré-temporada com o Alvinegro, o zagueiro Marcel, de 22 anos, formado pelo Bragantino, conseguiu a rescisão com o Massa Bruta e assinou o novo vínculo com o time piracicabano. Como o prazo de registro de atletas para a primeira rodada terminou na última sexta-feira (11), o defensor está fora da partida contra a Inter de Limeira, que acontece neste sábado (19), às 18h, no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira.

Quem também está fora do primeiro confronto é o meia André Cunha, com dores no joelho. O técnico Tarcísio Pugliese tem à disposição para o setor de criação os meias Cassio Gabriel e Danilo Bueno, porém, o treinador tem optado nos jogos-treinos por atuar com quatro atacantes, com Misael voltando para recompor o meio-campo. “Nós temos bons jogadores no meio. O André Cunha está no departamento médico com uma lesão, mas ainda temos o Cassinho (Cassio Gabriel) e o Danilo Bueno, que são excelentes atletas”, disse Pugliese.

“É uma opção minha iniciar com quatro atacantes, ter um time bastante ofensivo, agressivo, pois o XV de Piracicaba na Série A2 é um time grande. Temos que propor o jogo, buscar as vitórias, e teremos um time bastante ofensivo e brigador”, completou o técnico. Nesta quinta-feira (17), após a entrevista coletiva, o Alvinegro realizou mais um treinamento no Barão da Serra Negra com os portões fechados. Contra a Inter de Limeira, o Nhô Quim não poderá contar com o meia André Cunha, e os atacantes Bruninho e Lucas Formiga, que estão lesionados. O zagueiro Tharsus não teve a documentação regularizada e também segue de fora.

LIBERADO

Nesta quinta-feira (17), o Estádio Municipal Barão da Serra Negra foi liberado pela Federação Paulista de Futebol. Com isso, o XV de Piracicaba poderá mandar em casa os jogos válidos pelo Campeonato Paulista da Série A2. No início do ano, a FPF interditou dezenas de estádios nas quatro divisões estaduais por problemas de documentação, como os laudos de Segurança, Visto do Corpo de Bombeiros (AVCB), Prevenção e Combate a Incêndio e Higiene.

Para conseguir a liberação, a Prefeitura de Piracicaba, via Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) e Secretaria Municipal de Obras, promoveu uma nova ‘força-tarefa’. “São laudos da Vigilância Sanitária, segurança da Policia Militar, prevenção de combate a incêndio e pânico, estrutural, técnico de avaliação das instalações elétricas, para-raios, estanqueidade, controle de rota de fuga e as declarações pertinentes ao evento. Isso para a aquisição do AVCB do Corpo de Bombeiros, válido por um ano. Felizmente, o estádio está liberado para receber os jogos do XV”, explicou Riva Salvador, assessor da Selam.

Voltar