fbpx
Futebol Americano

Cutters voltam a campo pelo Paulista de Flag

Time piracicabano enfrenta o Green Reapers, em rodada interconferências

*Capa: Arquivo/Líder Esportes

Dono do sexto lugar na classificação da Conferência Caipira do Campeonato Paulista de Flag 8×8, modalidade do futebol americano, o Piracicaba Cane Cutters volta a campo neste domingo (5) para enfrentar o UFABC Green Reapers, em rodada interconferências que será realizada no clube da Sociedade Esportiva Palmeiras, no distrito de Parelheiros, Zona Sul de São Paulo.

Com três vitórias consecutivas, a equipe piracicabana viaja motivada para o jogo, que ganha um peso maior por ser contra um adversário da divisão metropolitana, apesar dos desfalques que o head coach Luiz Franco terá que lidar. “Nossa expectativa é de um jogo bem disputado, de grande importância para melhorar a nossa classificação. Confirmar a nossa boa fase também está em nossos planos. O que nos preocupa são as ausências importantes no ataque (Thiago Pecorari) e na defesa (André Fava)”, disse o treinador.

EVOLUÇÃO

Além da entrega dentro de campo, segundo Franco, os placares ‘folgados’ conquistados pelos Cutters nas três últimas partidas podem estar relacionados aos treinamentos e às novas tecnologias implementadas “Nós demos um grande passo para o desenvolvimento com a rotina de análise de vídeo, seja dos nossos treinos para a correção dos atletas, seja para a aplicação de drills (simulações) específicos, ou ainda para analisar os nossos adversários visando o planejamento técnico”, explicou o head coach.

A boa fase e a evolução ao longo do Paulista também são atribuídas a duas palavras-chave para o treinador: motivação e trabalho. “De nada adianta motivar quem não se compromete, assim como não adianta comprometimento sem trabalho. Os resultados positivos nos indicam que estamos no caminho certo e os negativos nos lembram que sempre há trabalho a ser feito. Seguimos confiantes para o próximo jogo, mas atentos aos adversários e às dificuldades de estarmos em uma das melhores divisões da conferência”, destacou Franco.

Voltar