fbpx
Futebol Americano

Cutters encara Americana de olho nos playoffs

Duelo regional pela APFA será realizado neste domingo (19), em Campinas

*Capa: Arquivo/Líder Esportes

Com quatro vitórias consecutivas e ocupando a vice-liderança da Conferência Caipira do Campeonato Paulista de Flag 8×8, modalidade do futebol americano, o Piracicaba Cane Cutters volta a campo neste domingo (19) para disputar o clássico regional contra o Americana Weavers. O duelo começa às 13h e será realizado no campo da Faculdade de Educação Física da Unicamp (Universidade de Campinas), em Campinas. O adversário é o quinto colocado, mas venceu as três partidas que fez no Estadual.

A defesa é uma das armas do time piracicabano na competição. Segundo o head coach Luiz Franco, que espera um confronto equilibrado, a linha defensiva tem contribuído decisivamente para os bons resultados conquistados até aqui. “Será um jogo xadrez. As duas equipes têm ótimos ataques, mas contamos com uma defesa consistente e efetiva. Os nossos ‘special teams’ estão evoluindo bastante e certamente serão um motivo a mais de preocupação para os nossos adversários”, destacou o técnico.

O intervalo de quase 15 dias para o último jogo, quando os Cutters superaram o Green Reapers, em São Paulo, não significou um período de folga para os jogadores. De acordo com Franco, o período foi utilizado para treinos e aperfeiçoamento. “Eu sempre digo que a gente descansa carregando pedra. A gente aproveita o tempo para voltar a trabalhar com calma, estudar os adversários e treinar para os próximos desafios”, contou o treinador da equipe piracicabana.

CAUTELA

Jogo a jogo, um passo de cada vez. É com esse pensamento que o técnico tem conduzido os Cutters. Para ele, o campeonato está cheio de surpresas e, apesar da boa fase do time, o confronto de domingo é fundamental para as pretensões da equipe na competição. “A vitória nos garante a classificação para os playoffs, mas um resultado negativo nos deixa em uma situação em que dependeremos de uma combinação de resultados para garantir a vaga. Qualquer deslize pode nos mandar de volta pra casa”, completou.

Voltar