fbpx
Futebol Americano

Cutters e Vipers fazem jogo de alta tensão

Rivalidade entre as duas equipes aumentou após episódio na 1ª rodada

Piracicaba Cane Cutters
Em casa, os Cane Cutters tentam vencer os Vipers pela Liga Nacional (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O torcedor que comparecer neste sábado (26) ao Estádio Municipal Vicente Marino, em Saltinho, acompanhará um duelo de futebol americano que deve ser disputado ao limite. Além da necessidade de vitória para se reabilitar na Liga Nacional, o Piracicaba Cane Cutters entra em campo às 18h para enfrentar o Sorocaba Vipers, em jogo cercado de polêmica e rivalidade. As duas equipes deveriam ter se enfrentado em julho pela rodada de abertura da competição, mas a partida foi adiada. De lá para cá, a troca de farpas foi constante na relação entre os dois times.

Na primeira rodada, o confronto entre Vipers e Cutters não chegou sequer a começar devido às irregularidades no campo do Centro Esportivo do Jardim Simus. O jogo foi suspenso pela arbitragem. Responsável pelo local, que apresentou tamanho inferior ao mínimo exigido pela Liga Nacional, a equipe sorocabana deveria ter sido punida e o placar final, conforme prevê o regulamento, seria registrado em 49×0 para os Cutters. Os Vipers anunciaram que recorreriam da decisão.

REGRA

De acordo com o artigo 28 do regulamento, não é permitida a realização de jogos em campos que contenham menos que 72,13 metros, mais as zonas de pontuação com 9,14 metros cada. Após verificar o tamanho do campo em Sorocaba, a arbitragem mediu o total de 66,7 metros. Campeões em 2015, os Vipers, que são reincidentes neste tipo de problema, se limitaram a dizer que “o time de Piracicaba alegou problemas com medidas do campo e se recusou a jogar”, na Fan Page da equipe. Nos comentários, porém, choveram críticas aos Cutters.

“Embora a equipe do Cane Cutters estivesse pronta para jogar, optou por cumprir o regulamento da Liga Nacional (…). A equipe do Vipers, exercendo seu direito de ampla defesa, entrou com recurso e o placar ficará suspenso até última decisão da Liga Nacional”, diz o comunicado publicado na época pelo time piracicabano nas redes sociais. Atendendo ao pedido da Liga, os Cutters aceitaram abrir mão do triunfo por WO para tentar ganhar os pontos em campo. O jogo teve mando invertido e as despesas arcadas pelos Vipers. O clima de rivalidade, contudo, permanece intacto.

Voltar