fbpx
Basquete

Cristóvão desenvolve basquete masculino na base

Clube possui projetos com escolinhas e equipes das categorias sub-12 ao sub-17

O basquete masculino é desenvolvido na base em Piracicaba pelo Clube Cristóvão Colombo (Foto: Líder Esportes)

Tradicional no esporte da bola laranja, o Centro Cultural e Recreativo Cristóvão Colombo desenvolve o basquete masculino em Piracicaba com aulas gratuitas nas escolinhas localizadas no próprio clube e em dois núcleos externos que devem ser ativados após a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Os polos serão instalados na Escola Estadual João Chiarini (bairro Vila Fátima) e no Sesi Vila Industrial, e estarão sob o comando do professor Epiatã Oliveira. No CCRCC, a responsabilidade é dos professores Agnaldo Souza, o Guina, e Diego Mescolote.

As aulas na escolinha são fruto de uma parceria com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras). As atividades são gratuitas e podem ser feitas por meninos com idade mínima de 7 anos, sócios ou não associados. Além do trabalho de iniciação ao esporte, o Cristóvão Colombo também possui equipes de competição nas seguintes categorias de base: sub-12 e sub-13, que são treinadas por Mescolote; sub-14, sub-15 e sub-17, dirigidas por Guina; e sub-16, que tem como técnico Epiatã. Para integrar as equipes, é necessário passar por uma seletiva. O clube disputa o campeonato da Liga ARB (Associação Regional de Basquete).

“Nas peneiras para as categorias mais avançadas, como é o caso do sub-17, é importante ter noções do esporte. Já na seletiva com os mais novos, é raro que alguém seja dispensado, pois eles estão iniciando o contato com o basquete e ainda não podem ser avaliados nos fundamentos. Isso nós ensinamos, com noções de espaço, salto e habilidade com a bola para o desenvolvimento. Na escolinha, temos uma parte mais lúdica para despertar o gosto pelo esporte. Para os mais velhos, entendemos que também é importante ter uma brincadeira após os jogos para descontrair”, disse Guina, técnico de basquete há 27 anos no clube.

TREINOS

A equipes de competição do Cristóvão Colombo/CLQ/Selam treinam diariamente, das 14h30 às 20h, horário que varia de acordo com cada categoria. As aulas da escolinha no clube acontecem às terças e quintas-feiras, das 19h às 20h, para meninos de 7 a 11 anos. Nos núcleos externos, podem participar garotos com até 17 anos – as atividades estão suspensas durante a pandemia. No Cristóvão Colombo há mais de uma década, Diego Mescolote destaca a importância dos festivais realizados pela Liga ARB com os meninos mais novos.

“Os festivais reúnem vários jogos com o tempo reduzido para que os garotos aprendam as regras, entendam como funciona a dinâmica de uma partida e, ao mesmo tempo, para que eles conheçam outras equipes do mesmo nível. As mesmas dificuldades que eles têm, os meninos de outras equipes também têm. Eles percebem isso. Os festivais ajudam no aprendizado, os próprios árbitros contribuem para isso. Nas escolinhas, temos uma parte mais lúdica, com brincadeiras para fixar na atividade. Nessa idade, é importante que eles se divirtam”, completou.

Voltar