fbpx
Muay Thai

Cristian Castro embala série de vitórias e conquista título

Lutador radicado em Piracicaba e treinado por Gustavo Piacentini vence o Pairojnoi Muay Thai Stadium

Cristian Castro e Gustavo Piacentini - In Fight Muay Thai 16
Cristian Castro e Gustavo Piacentini: parceria dá frutos no muay thai (Foto: Líder Esportes)

Cristian Castro conquistou a terceira vitória consecutiva na última edição do Pairojnoi Muay Thai Stadium, disputada no dia 19 de junho, em Piracicaba. O lutador superou Boyka em luta válida pela categoria 65 kg. O triunfo veio por pontos, em decisão unânime da arbitragem após três rounds de dois minutos. Manauara radicado há seis anos em Piracicaba, o atleta é treinado pelo técnico Gustavo Piacentini e já tem dois compromissos agendados para os dois próximos meses: em julho, Cristian volta a lutar muay thai; em agosto, o desafio será no kickboxing. “Estou sempre preparado”, afirmou.

A sequência de vitórias do lutador foi enaltecida pelo técnico, que destacou a forma como Cristian venceu adversários mais experientes. “O Cris cresceu muito em pouco tempo, é um atleta que assimila rápido e se dedica aos treinos, vem de três vitórias nítidas. A luta contra o Boyka foi muito boa. O adversário era bem mais experiente, mais rodado no cenário competitivo. Mas, sem qualquer menosprezo, quando casamos a luta entendemos que a vitória era possível. Na minha avaliação, o Cris venceu os três rounds, principalmente o primeiro e o terceiro, que é o mais importante. O segundo round foi mais parelho, mas o Cris desenvolveu bem o jogo dele”, falou Piacentini.

Ex-lutador de boxe, kickboxing e muay thai, o treinador teve papel fundamental para o crescimento do atleta. O conhecimento variado no mundo das lutas, segundo Piacentini, faz com que a estratégia de seus ‘pupilos’ seja menos ortodoxa. “A ideia é que a versatilidade que nós introduzimos dificulte o jogo do oponente. São três vitórias seguidas assim. Acredito que o corner pode ganhar uma luta, cobro isso de mim, e bato na tecla de que os lutadores precisam ser inteligentes. Hoje, o Cris está conseguindo pensar mais na luta, trabalhar a estratégia. Está aguardando mais portas se abrirem para alavancar a carreira”, declarou o técnico.

Cristian Castro e Gustavo Piacentini - In Fight Muay Thai 16

Cristian Castro destacou a carreira vitoriosa do técnico Gustavo Piacentini (Foto: Líder Esportes)

CONSISTÊNCIA

Feliz com os resultados recentes, Cristian atribui o êxito à consistência que mostra diariamente. Na opinião do lutador, não vencer é sinal de falta de treino. “O segredo é treinar. Na última vez que perdi, é porque faltou treino. A própria inteligência passa pelo treino diário. Evoluí, sim, mas sei que preciso melhorar o meu jogo. Tenho um treinador que fez uma carreira excepcional, basta ver os títulos que ele conquistou, e quero aprender cada vez mais”, disse o atleta, que encontra tempo na madrugada para correr e divide a carga diária de treino com os trabalhos de serralheiro, garçom e churrasqueiro.

Aos 25 anos, Cristian não faz projeções para o futuro, mas diz que quer ver onde pode chegar, seja nas lutas em pé ou no chão, ou ainda no MMA. A receita, de acordo com o lutador, é manter a calma. “O meu mestre é que cuida da minha parte mental. Eu não gosto nem de ver informações sobre o adversário da próxima luta (risos). Procuro controlar a ansiedade, pois a pressão é muito grande para quem sobe lutar. Nem sempre é possível encaixar 100% do que treinei, mas nas últimas lutas consegui manter a calma, independente da pressão, e joguei o como tinha de jogar. Não sei onde posso chegar, mas quero descobrir”, finalizou.

Voltar