fbpx

Líder Esportes

Judô

Copa Heisei reúne 50 judocas no Cristóvão Colombo

11ª edição do torneio foi realizada no último fim de semana, na cidade de Piracicaba

11ª Copa Heisei Cristóvão Colombo de Judô
A 11ª Copa Heisei Cristóvão Colombo de Judô reuniu cerca de 50 judocas no CCRCC (Foto: Líder Esportes)

Cerca de 50 judocas participaram da 11ª edição da Copa Heisei de Judô, que aconteceu no último sábado (7), no Ginásio Poliesportivo do CCRCC (Centro Cultural e Recreativo Cristóvão Colombo). O evento, que reuniu judocas a partir dos 4 anos de idade, contou com uma programação de lutas envolvendo as categorias do mirim ao adulto, além da já tradicional entrega de faixas e uma confraternização entre alunos, pais e professores.

“Foi muito legal, uma oportunidade de os alunos sentirem o que é uma competição e também de nos aproximarmos mais dos pais. Antes do início das disputas, nós fizemos uma demonstração de como são os golpes, de que forma o atleta pode vencer uma luta, os pontos que ele pode fazer, a mobilização e o que significa cada golpe, já que muitos dos atletas participaram pela primeira vez de uma competição, e também para que os pais entendessem o que estava acontecendo”, disse o técnico Beninho Mattos.

Dos 50 alunos que participaram do Copa Heisei, cerca de 30 fizeram a troca de faixa, conforme os critérios estabelecidos para cada nível. “Na medida em que a graduação vai subindo, as exigências são maiores. Então, eles (judocas) precisam saber um determinado número de golpes, aspectos da teoria do judô que nós ensinamos, além da questão da idade e do tempo de faixa, que é de pelo menos um ano. Durante o mês de novembro nós fizemos o exame e aqueles que foram bem fizeram a troca”, relatou o treinador.

Mattos também destacou o trabalho em conjunto com o clube colombino como ‘fundamental’ para o desenvolvimento dos alunos na modalidade. “A parceria com o Cristóvão Colombo já tem sete, oito anos e é muito legal porque o clube dá um apoio muito grande, cede o espaço, auxilia o Rene (Mattos, professor), que também é responsável pelas aulas. É uma parceria que nós temos que agradecer e que está sendo muito legal. Os alunos do clube e da Heisei estão interagindo bastante e isso é um crescimento para ambos”, finalizou o técnico.

Voltar