fbpx

Líder Esportes

Tênis de Mesa

Com virada épica, Flávio vence etapa da Copa BR

Piracicabano perdia por 2 sets a 0, salva seis match points e conquista título

Flávio Silveira, jogador da classe 6 paralímpica do CCP/APTM
Flávio Silveira conseguiu uma virada espetacular na decisão da classe 6 (Foto: Christian Martinez)

Duas medalhas de ouro, duas de prata e três de bronze. Com saldo positivo e destaque para a vitória épica de Flávio Silveira na classe 6 paralímpica, a equipe de tênis de mesa do CCP/APTM/Palmeiras/Selam/Liceu fechou neste domingo (9) a participação na segunda etapa da Copa Brasil Sul-Sudeste, disputada na cidade de Toledo (PR). Após garantir sete medalhas, o CCP/APTM, que em 2016 recebe subvenção da Lei Pelé por meio da CBC (Confederação Brasileira de Clubes), pensa agora no Campeonato Brasileiro de Clubes, Seleções Estaduais e Individual, que será disputado em Chapecó (SC), entre os dias 1º e 6 de novembro.

Nos dois primeiros dias de disputa, Piracicaba conquistou cinco medalhas, as duas últimas na quinta-feira (6), ambas na categoria juventude feminino – Ediane foi vice-campeã, enquanto Thainá ficou com a terceira colocação. Na quarta-feira (5), o CCP/APTM já havia chegado ao pódio três vezes. Isabela Cassemiro foi campeã no rating B, deixando o vice-campeonato da categoria com Marina Michelin. No rating C, Ediane Bresciani encerrou a participação com o terceiro lugar.

As categorias que se iniciaram sexta-feira (7) terminaram apenas domingo (9). A equipe piracicabana disputou o absoluto A, com Marina Michelin, que acabou eliminada nas quartas de final por Lígia Silva, de Concórdia (SC), Lígia Silva. No absoluto B, Thainá Gava conquistou a medalha de prata ao ser derrotada na final por Luana Katsumata, de Bauru. Pela categoria juvenil, Isabela Cassemiro foi eliminada nas oitavas de final, enquanto Ediane Bresciani caiu nas quartas de final.

ELETRIZANTE

O jogo mais emocionante da competição terminou com final feliz para Flávio Silveira. Pela primeira vez disputando uma final na carreira, Flávio começou perdendo por 2 sets a 0 para Felipe Oliveira, de Limeira, mas reagiu no terceiro set. No quarto, o piracicabano salvou um match point e conseguiu levar o jogo para quinto set. Na última parcial, Flávio Silveira perdia por 10×5, mas conseguiu se recuperar novamente, salvou mais cinco match points e fechou a partida em 3 sets a 2, vencendo o último e dramático set pelo placar de 13×11. “Estou muito feliz. Foi um dia que jamais irei esquecer. Quero agradecer muito minha família que sempre me apoia, meus técnicos e a todos os atletas que me ajudam nos treinamentos”, destacou.

Voltar