fbpx
Futebol

Com um a menos, XV vence Red Bull de virada no Barão

Alvinegro conquista quarta vitória consecutiva no Estadual; Mota tem atuação decisiva

XV de Piracicaba 3x1 Red Bull - Campeonato Paulista Série A2 2020
Gilberto Alemão marcou de cabeça o gol da virada do Alvinegro sobre o Red Bull (Foto: Michel Lambstein)

Jogando com um homem a menos desde os 4min do segundo tempo, o XV de Piracicaba conquistou neste domingo (23) a quarta vitória consecutiva no Campeonato Paulista da Série A2. O Alvinegro bateu o Red Bull de virada, por 3×1, em jogo válido pela oitava rodada, no Barão da Serra Negra. Os visitantes abriram o placar com Cristiano. Os gols do Nhô Quim foram marcados por Caio Mancha, Gilberto Alemão e Érison. Com o resultado, o XV chegou aos 14 pontos e assumiu o quarto lugar. O time piracicabano volta a campo na próxima quarta-feira (26), às 16h30, quando enfrenta o Juventude-RS novamente em casa pela segunda fase da Copa do Brasil.

Com a semana livre para trabalhar e a chegada de novos reforços, o técnico Tarcísio Pugliese promoveu a estreia de Walfrido no lugar do lesionado Samuel. Jéfferson Feijão e Kadu, poupados contra o Juventus, também retornaram à equipe titular. O duelo começou com a duas equipes tentando encontrar os espaços na zaga adversária, mas com o XV tomando a iniciativa para atacar. Aos 10min, o zagueiro Diego Jussani lançou Kadu, que limpou a jogada e mandou para o gol, mas o chute saiu travado e ficou fácil para a defesa de Jordan. A chance mais clara veio aos 13min: Daniel Costa achou Filipe Cirne livre perto da entrada da área. O meia chutou para o gol, mas o goleiro espalmou para escanteio.

O Nhô Quim tentava criar, mas errava muitos passes no setor ofensivo. Aos 21min, em cobrança de falta pela intermediária, Daniel Costa achou Gilberto Alemão, mas o zagueiro não conseguiu alcançar a bola. Na sequência, aos 22min, após cobrança de escanteio do camisa 10, a bola sobrou para Caio Mancha dentro da área, mas o atacante finalizou por cima do gol. Na primeira jogada de perigo, aos 27min, o Toro Loko abriu o marcador. David cruzou pelo lado direito, Robertinho não cortou e Cristiano chegou livre para finalizar. A bola ainda desviou em Diego Jussani antes de morrer no fundo do gol: 1×0 para o Red Bull.

XV de Piracicaba 3x1 Red Bull - Campeonato Paulista Série A2 2020

A vitória sobre o Red Bull foi a quinta seguida na temporada, quatro delas pela A2 (Foto: Michel Lambstein)

Em desvantagem, o XV quase empatou aos 32min. Após nova cobrança de escanteio de Daniel Costa, Diego Jussani cabeceou com perigo por cima da meta. Aos 38min, o Alvinegro empatou. Em posição irregular, Jéfferson Feijão recebeu lançamento de Gilberto Alemão e tocou para Filipe Cirne fazer o cruzamento. A bola atravessou a área e sobrou na esquerda para Daniel Costa. O meia cruzou na cabeça de Caio Mancha, que concluiu bem para empatar a partida: 1×1. No último lance do primeiro tempo, aos 45min, Pablo recebeu lançamento sozinho, invadiu a área e chutou rasteiro, mas Mota defendeu sem dar rebote.

O XV de Piracicaba voltou ligado para a segunda etapa. Com menos de 1min, Filipe Cirne tocou para Daniel Costa na entrada da área, mas o meia finalizou por cima do gol. Na sequência, aos 2min, Jéfferson Feijão cruzou pelo lado direito e a bola sobrou para Filipe Cirne, que arrematou de primeira, mas a finalização carimbou o travessão de Jordan. Aos 4min, porém, veio a ducha de água fria: Kadu fez falta dura em Cristiano e foi expulso ao receber o segundo amarelo. Com um jogador a mais, o Red Bull passou a rondar a área do Nhô Quim.

VIRADA

O time piracicabano, contudo, não perdeu a força na bola parada. Aos 18min, Daniel Costa sobrou escanteio dentro da área e o zagueiro Gilberto Alemão testou firma para colocar o XV em vantagem: 2×1. A equipe visitante aumentou o ritmo e quase empatou na sequência com Pablo, que chutou de primeira, mas Mota defendeu. O jogou ficou tenso. Em pouco mais de dez minutos, três jogadores do Nhô Quim receberam cartão amarelo. Aos 33min, após bate e rebate na área alvinegra, o rebote ficou com Chrigor, que chutou forte e parou em mais uma defesa de Mota.

Na reta final da partida, Mota fechou o gol quinzista e ainda foi decisivo para dar números finais ao marcador. Aos 38min, Chrigor cobrou falta com perigo no canto esquerdo, mas o goleiro alvinegro esticou o braço e conseguiu mandar para escanteio. Aos 44min, após cruzamento na área, Jhonatan cabeceou para baixo e o Mota fez mais uma intervenção. Dos pés do goleiro alvinegro também saiu o passe para o terceiro gol. Aos 48min, ele lançou Érison, que ganhou dos defensores na velocidade e tocou na saída de Jordan para fechar o placar: 3×1.

FICHA TÉCNICA

3   XV DE PIRACICABA

Mota; Jéfferson Feijão, Diego Jussani, Gilberto Alemão e Paulão; Walfrido, Robertinho e Daniel Costa (Marcelinho); Filipe Cirne (Muriel), Kadu e Caio Mancha (Érison). Técnico: Tarcísio Pugliese

1   RED BULLRed Bull Brasil

Jordan; Nhayson (Bruno Jesus), Jhonatan, Rayne (Luiz Felipe) e Marcos; Guilherme, David e Cristiano; Patrick, Iago Teles (Chrigor) e Pablo. Técnico: Vinícius Munhoz

Gols: Cristiano (RBB) aos 27min e Caio Mancha (XV) aos 38min/1ºT; Gilberto Alemão (XV) aos 18min e Érison (XV) aos 48min/2ºT | Árbitro: Márcio Roberto Soares | Cartões amarelos: Kadu, Gilberto Alemão, Paulão, Jéfferson Feijão, Marcelinho, Walfrido e Mota (XV); Rayne e Patrick (RBB) | Cartão vermelho: Kadu (XV) | Público: 2.152 pagantes | Renda: R$ 44.555,00

Voltar