fbpx
Futebol

Com raça e fé: XV elimina Mirassol e está na final da Copa Paulista

Em jogo tenso e emocionante, XV de Piracicaba vence o Mirassol com gol do zagueiro Gilberto Alemão

O zagueiro Gilberto Alemão marcou o gol da vitória do XV: Alvinegro é finalista (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Em um jogo emocionante e marcado pela tensão do início ao fim, o XV de Piracicaba venceu o Mirassol por 1×0, neste sábado (2), no Barão da Serra Negra, e está classificado para a final da Copa Paulista. O único gol do confronto foi marcado pelo zagueiro Gilberto Alemão, de cabeça, ainda no primeiro tempo. Na decisão, o time piracicabano vai enfrentar o São Caetano – expulso após agredir um adversário com uma cabeçada, o atacante Kadu é desfalque certo.

O primeiro jogo da final será em Piracicaba, enquanto a partida de volta acontece no ABC. As datas e horários serão definidos na próxima segunda-feira (4). O campeão da Copa Paulista terá o direito de escolher, em 2020, entre uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro ou para a Copa do Brasil. O vice-campeão ficará com a vaga remanescente.

A partida contra o Mirassol começou com um susto: com 1min de bola rolando, Maicon chutou fraco da entrada da área, Luiz Fernando não segurou, mas a trave evitou o gol do Leão. O Alvinegro respondeu aos 18min com Cassio Gabriel, que finalizou de fora da área e a bola explodiu no travessão de Matheus. O jogo esquentou e aos 20min, em contra-ataque, Rafael Silva tocou para Juninho bater com perigo ao lado esquerdo do goleiro do Nhô Quim.

A torcida teve papel fundamental para a classificação do XV: mais de 10 mil pessoas no Barão (Foto: Mauricio Bento)

O gol que garantiu a classificação do XV saiu aos 26min. Após cobrança de escanteio de Peri, Gilberto Alemão testou forte, sem chances de defesa para Matheus: 1×0. O Mirassol ainda tentou o empate no primeiro tempo com Juninho, que chutou colocado da entrada da área, mas Luiz Fernando defendeu sem sustos. Aos 43min, o time piracicabano teve uma chance de ampliar o placar com o volante Simião, que pegou o rebote e concluiu de primeira, mas a bola novamente carimbou o travessão de Matheus.

SEGUNDO TEMPO

O Alvinegro iniciou a segunda etapa tomando a iniciativa. Aos 5min, Jéfferson Feijão fez boa jogada individual pelo lado direito e cruzou para Raphael Macena, que cabeceou para o gol, mas parou na defesa de Matheus. O Mirassol respondeu aos 9min com Claudinho – pela terceira vez na noite, a bola explodiu no travessão. O XV teve o contra-ataque, mas não conseguiu ‘matar’ o resultado. Macena, em duas oportunidades, levou perigo ao gol adversário, mas errou o alvo em ambas.

Artilheiro do Alvinegro, Macena deu trabalho aos zagueiros rivais, mas não conseguiu marcar (Foto: Mauricio Bento)

Na reta final, o jogo ficou paralisado por cinco minutos por conta de uma confusão dentro de campo, que resultou na expulsão de Kadu – o atacante recebeu o cartão vermelho após agredir um adversário com uma cabeçada. Mesmo com um jogador a mais em campo e com dez minutos de acréscimo assinalados pela arbitragem, o Mirassol não conseguiu furar o bloqueio quinzista e levar perigo ao gol de Luiz Fernando.

FICHA TÉCNICA

1   XV DE PIRACICABA

Luiz Fernando; Jéfferson Feijão, Gilberto Alemão, Paulão e Peri; Fraga, Simião (Bruno Lima) e Cassio Gabriel (Danilo Bueno); Misael (Luizinho), Kadu e Raphael Macena. Técnico: Tarcísio Pugliese

MIRASSOL FUTEBOL CLUBE

0   MIRASSOL

Matheus; Weriton, Reniê (Ícaro), Victor e Renan; Maicon (João Denoni), Neto Moura (Gabriel Leite) e Juninho; Claudinho, Rafael Silva e Gabriel Taliari. Técnico: Ricardo Catalá

Gol: Gilberto Alemão (XV) aos 26min/1ºT | Árbitro: Márcio Henrique de Gois | Cartões amarelos: Luiz Fernando, Fábio e Simião, Luizinho (XV); Victor, Ícaro, Gabriel Leite e Ricardo Catalá (MIR) | Cartão vermelho: Kadu (XV) | Público: 10.270 pagantes | Renda: R$ 126.630,00

Voltar