fbpx
Automobilismo

Com festa, 100 Milhas Piracicaba consagra bicampeões

Evento marca despedida do lendário Dito Giannetti, eternizado no Hall da Fama

As corridas válidas pela Fórmula Vee foram marcadas pela briga acirrada pela liderança (Foto: Adilson Zavarize)

Dois pilotos fizeram história no último domingo (18), quando foi realizada a 30ª edição das 100 Milhas Piracicaba, no autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo). Depois de 21 anos, o matogrossense Wanderlei Reck venceu a prova pela segunda vez competindo entre as gaiolas tubulares. “Ser bicampeão é algo muito especial, ainda mais depois de tanto tempo e em um ano tão simbólico, como foi a trigésima edição”, afirmou o piloto de Cuiabá (MT), que assumiu a liderança da corrida quando faltavam apenas nove voltas para o final.

O piracicabano Gustavo Favoretto foi o primeiro colocado entre os carros de turismo e entrou em uma seleta lista de pilotos que venceu a corrida nas duas categorias – em 2016, ele foi o campeão entre as gaiolas. “Eu havia vencido uma vez, mas hoje (ontem) a emoção foi outra. Poderia ter corrido nas gaiolas tubulares, mas estou competindo entre os carros de turismo e vencer na categoria em que participo e tenho me dedicado é muito mais satisfatório”, disse Favoretto.

As 100 Milhas Piracicaba foram realizadas no último fim de semana em Piracicaba (Foto: ECPA)

DESPEDIDA

A prova marcou ainda a despedida de Dito Giannetti das competições oficiais. A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) aproveitou a ocasião para homenagear o lendário piloto, incluindo o nome dele no ‘Hall da Fama’ da confederação. Dito eternizou as mãos em um quadro, em solenidade realizada na última sexta-feira (16). “Nunca imaginei isso […] o ECPA e o automobilismo são duas paixões que divertem muito e propiciam prazeres para minha vida. Ser lembrado por isso é algo muito satisfatório e que me dá uma tremenda sensação de dever cumprido”, afirmou.

Formando dupla com o filho Felipe em sua gaiola tubular, Dito Giannetti terminou a última 100 Milhas Piracicaba na segunda colocação e, mais uma vez, concluiu a prova se sentindo gratificado. “Independente do resultado, me sinto muito grato quando vejo esse grid cheio de pilotos e a arquibancada repleta de um público que vem para torcer. O clima festivo deixa o evento ainda mais rico e isso me faz feliz. Não criei as 100 Milhas para mim, mas para celebrar o automobilismo, que começou a ser praticado em Piracicaba há 80 anos”, finalizou.

FÓRMULA VEE

A etapa especial da Fórmula Vee, em comemoração aos 30 anos do ECPA, foi marcada pelas duas vitórias do jovem piloto João Pedro Maia, de apenas 14 anos. Maia conquistou a sexta vitória em dez provas na temporada. As duas baterias registraram acidentes na briga pela liderança. Na primeira, Maia e Oscar Moraes se tocaram logo na primeira curva, após a largada. O campineiro se manteve à frente e venceu, enquanto Moraes caiu para o último lugar, mas conseguiu se recuperar e chegou em segundo.

Na segunda prova, os dois pilotos voltaram a se tocar na oitava volta. Maia seguiu no traçado e conquistou a vitória. Desta vez, Moraes teve que abandonar e deixou a pista reclamando. Com os resultados, o jovem piloto de Campinas lidera a classificação da categoria Elite 1, com 85 pontos. Na Elite 2, Maia também é o primeiro colocado, com 80 pontos, contra 75 de Octávio Nucci Neto, que ficou em segundo lugar na segunda bateria. A próxima etapa da Copa ECPA de Fórmula Vee será no dia 5 de outubro.

Voltar