fbpx
Futebol

Com dores na coxa, Everton será reavaliado

Jogador fará exames para saber se poderá enfrentar a Inter; Guly está fora

Everton, atacante do XV de Piracicaba
Everton marcou os três gols do XV de Piracicaba na Série A2 (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O empate por 1×1 com a Portuguesa, no último sábado (27), deixou o XV de Piracicaba fora da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista da Série A2. Com o resultado, o Nhô Quim subiu duas posições na tabela de classificação, chegando à 13ª colocação. Apesar do empate, o Alvinegro desperdiçou ao menos três chances de vencer o jogo, duas delas exigindo boas defesas do goleiro da Lusa, João Lopes.

“No primeiro tempo tivemos duas finalizações de fora, uma do Rosa (Rafael) e uma do Fabinho, e aceitamos o jogo do adversário. Saquei o Rosa e coloquei o Léo (Carvalho) para fazer a distribuição, com verticalização, pois ele tem um bom passe. Entramos no jogo, acreditamos que era possível e conseguimos o empate. A partir daí, mandamos no jogo, mas, infelizmente, o goleiro deles fez duas boas defesas, uma em cima e outra no chão, nos chutes do Maikon (Aquino), que poderiam ter definido a partida juntamente com a cabeçada do Éverton. Não conseguimos a vitória, mas o time jogou para ganhar”, disse o técnico Evaristo Piza.

DESFALQUES

O XV de Piracicaba volta a campo no próximo sábado (3), às 17h, para encarar a Inter de Limeira no Barão da Serra Negra, em jogo válido pela quinta rodada da competição estadual. Além de receber o terceiro cartão amarelo, o volante Guly sofreu uma entorse no joelho direito e está fora da partida. O atacante Éverton, com dores na coxa esquerda, será reavaliado pelo departamento médico. Com três vagas em aberto para fechar as 26 inscrições que tem direito, a diretoria segue em busca de reforços. Os meias Dinélson (Cascável-PR), Valber (Moto Club-MA) e Rafael Xavier (Cianorte-PR) são nomes especulados para chegar ao Alvinegro. A diretoria, porém, não confirma qualquer negociação.

“Acredito que um meia deve chegar. Juntamente com isso, precisamos ver a situação do Bruninho. Quero muito contar com ele, pois me ajuda em um jogo como esse (Portuguesa), de velocidade, de arrastar para o lado do campo e com uma boa finalização. Mas, não sei quanto tempo vou poder esperar por ele, já que o campeonato é muito curto. Não tenho no elenco um jogador com as características dele. O meia está em negociação, ele joga hoje (sábado, 27), e não sei se ele rescinde após o jogo, pois isso está mais nas mãos da diretoria. Ele vem para somar, para buscar o espaço, tem uma qualidade boa, foi sondado anteriormente até para a Série A1. Na época, o clube não conseguiu concretizar por causa de valores”, finalizou Piza.

Voltar