fbpx
Futebol

Com dois gols de Tito, XV vence União Barbarense

Nhô Quim supera rival por 2x1 em jogo-treino; Garré e Fabinho são apresentados

Guilherme Garré, meia-atacante do XV de Piracicaba
O meia-atacante Guilherme Garré foi apresentado como reforço do XV de Piracicaba (Foto: Evandro Pelligrinotti)

O XV de Piracicaba venceu o União Barbarense por 2×1, nesta quarta-feira (28), no Barão da Serra Negra, em jogo-treino preparatório para a Copa Paulista. Os dois gols que renderam a vitória ao time piracicabano foram anotados pelo atacante Tito. Esse foi o segundo teste da equipe comandada pelo técnico Moisés Egert visando a estreia na competição, que está marcada para o dia 4 de novembro, às 15h, contra o Primavera em Indaiatuba – no primeiro, houve empate por 1×1 contra a Ponte Preta. O XV está no Grupo 3, que conta ainda com Audax e Inter de Limeira.

No compromisso desta manhã, o Nhô Quim atuou no esquema 4-3-3. O goleiro titular foi Vitor Prada. Na linha defensiva, David e Jonathan foram os laterais direito e esquerdo, respectivamente, enquanto Douglas Marques formou a dupla de zaga com o lateral Cleiton Savedra, que jogou improvisado. O meio-campo teve os volantes Gabriel Soares e Mateus Silva na contenção, com Guilherme Garré responsável pela ligação. O trio de ataque foi formado por Fabinho, Jajá e Tito.

APRESENTAÇÃO

O Alvinegro segue apresentando os reforços contratados para a disputa da Copa Paulista. Na última segunda-feira (26), Guilherme Garré e Fabinho concederam entrevista coletiva. O meia chega ao XV após passagem pelo Imperatriz-MA, enquanto o atacante desembarcou no Barão da Serra Negra emprestado pelo Brusque-SC. “Estou muito feliz com a vinda para o XV. Nós estamos trabalhando forte e muito bem. O professor está passando trabalhos ótimos e acredito que, evoluindo no dia a dia, estaremos preparados”, elogiou Garré.

“O meu primeiro técnico na base falou que inicialmente eu tinha que marcar, para depois atacar. Assim, eu tive que me adaptar muito rápido. Lá (Itália) é muito tático. O futebol italiano é isso, independente da divisão em que você atua”, relatou Fabinho, comentando a passagem que teve na Itália. No XV, ele reencontrou o volante Gabriel Soares, ex-companheiro de Juventus na capital paulista. “Quando surgiu a proposta, falei com o Gabriel que disse que eu poderia vir de olhos fechados”, completou o atacante.

Voltar