fbpx

Líder Esportes

Tênis

CCP fecha ano atípico com resultados positivos no tênis

Juliana Machado, João Luís Rangel e Luis Gustavo Lopes brilharam na reta final da temporada

Luis Gustavo Lopes, tenista do Clube de Campo de Piracicaba
O tenista Luis Gustavo Lopes é tenista do Clube de Campo de Piracicaba (Foto: CCP/Divulgação)

Apesar de atípica devido à pandemia causada pela Covid-19, a última temporada terminou com saldo positivo para a equipe de tênis do Clube de Campo de Piracicaba. A tenista Juliana Machado encerrou 2020 liderando o ranking do Estado de São Paulo na categoria 4F2 e receberá da Federação Paulista de Tênis o ‘Prêmio de Melhor do Ano’. Juliana disputou 12 torneios e chegou a nove finais no período. “Ela tem melhorado muito em todos os fundamentos e se tornou bastante consistente nas competições”, elogiou o coordenador técnico Zeca Machado.

Já o atleta João Luís Rangel fechou o ano com a disputa do Masters FPT, que aconteceu na Academia Slice, em São Paulo, nos dias 19 e 20 de dezembro. O tenista do CCP fez três jogos pela categoria 16M, com uma vitória e duas derrotas. Com o resultado, Rangel terminou o ano entre os cinco melhores tenistas de São Paulo no infanto-juvenil. “Ele fez um segundo semestre impecável, sendo o primeiro ano na categoria 16M. Tenho certeza que em 2021 entrará muito forte e focado para  jogar torneios nacionais”, disse Zeca.

O ciclo positivo do CCP teve ainda o título conquistado na categoria intermediária por Luis Gustavo Lopes, que venceu o Torneio Vacchi Sports, em Piracicaba. Foram cinco jogos e cinco triunfos, com apenas um set perdido. “Fizemos um trabalho especialmente planejado para ele, possibilitando o aperfeiçoamento do jogo de base, variações de golpes e efeitos, bem como o jogo de rede e principalmente saque e smash. Depois focamos na parte de estratégia, tática e mental. O resultado foi excelente”, complementou o coordenador técnico.

Voltar