fbpx
Muay Thai

Bueno participa de evento com ‘Pelé’ do muay thai

Dieselnoi Chor Thanasukarn, mestre tailandês, ministra workshop em Bragança

Juliana Righetto, Lukas Bueno e Janaína Zanatta
A equipe Inside Lukas Bueno tem o papel de difundir o muay thai em Piracicaba (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Com surpresa. Assim o treinador piracicabano de muay thai, Lukas Bueno, recebeu a notícia de que foi um dos escolhidos para participar do workshop e graduação com o mestre tailandês Dieselnoi Chor Thanasukarn, lenda da arte marcial conhecida como ‘Joelhos que Rasgavam os Céus’, no próximo sábado (29), no Ginásio Lourenção, em Bragança Paulista. Bueno, único representante da equipe Inside em Piracicaba, vai representar a cidade. Além dele, oito de seus alunos o acompanharão.

A escolha de Lukas Bueno para a graduação foi feita pelo mestre Munil Adriano, idealizador da Inside, que analisou, entre outros aspectos, a dedicação, o tempo no esporte e a evolução dos faixas pretas. “Esse convite foi uma surpresa porque eu imaginava isso daqui uns três, quatro anos, mas fiquei realmente muito feliz. A minha expectativa é muito grande. O Dieselnoi é uma lenda do esporte. Se fosse no futebol, seria a mesma coisa de estar perto do Pelé”, destacou Bueno.

Desde a metade do ano passado, o piracicabano deixou de lado as competições de kickboxing para se dedicar exclusivamente ao muay thai. Em congressos e cursos, o faixa preta tem presença confirmada em busca de especializações.  Em maio deste ano, Lukas Bueno participou do Curso de Arbitragem com o principal árbitro da Tailândia, Thanong Poopanich, e recebeu o certificado de árbitro internacional de muay thai da CBMTBT (Confederação Brasileira de Muay Thai e Boxe Tailandês).

“Faço tudo o que posso pela equipe. Amo a Inside e tudo isso que tenho vivido é uma gratificação. Espero que sirva de exemplo para os meus alunos e que eles também tenham dedicação”, disse o professor. “Nós estamos muito focados no muay thai, houve uma mudança importante em termos de metodologia para adaptação ao padrão internacional. É importante essa preparação e pode significar uma vantagem para nós no futuro”, completou.

Voltar