fbpx
Automobilismo

Bruno Leme sobe ao pódio na estreia do Paulista

Piloto piracicabano inicia bem o Estadual, mas reclama de batida de adversário

Bruno Leme, piloto da equipe Alfia, disputa o Campeonato Paulista de Fórmula 1.600 (Foto: Marcus Pavan Fotografia)

Na abertura do Campeonato Paulista de Fórmula 1.600, realizada no último fim de semana, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, o piracicabano Bruno Leme ficou em terceiro lugar na primeira corrida e garantiu a segunda colocação na segunda bateria da competição, que é organizada pela Fasp (Federação de Automobilismo de São Paulo). Na sexta-feira (28), o piloto da equipe Alfia liderou os dois treinos livres, mas encontrou dificuldades na tomada de tempo classificatória, que aconteceu no sábado (29).

“Começamos bem nos treinos livres, com o melhor tempo e vantagem de mais de um segundo para o segundo colocado. Porém, na classificação eu recebi uma bandeira vermelha (paralisação do treino) e quando retornei, não consegui finalizar a volta limpa, porque havia muitos carros retardatários na pista. Restavam cinco minutos para terminar e eu só tinha duas voltas para classificar, então não consegui fazer uma volta ideal e acabei largando em quarto lugar”, disse Leme.

Pela regra do grid invertido, na segunda bateria, realizada no domingo (1º), o piracicabano iniciou a prova na oitava colocação. A disputa foi marcada por altos e baixos – além de uma reclamação contra o piloto Oscar Moraes. “Na primeira corrida eu fiquei em terceiro lugar. Tive problemas no pneu, falta de aderência. Na segunda prova, liderei até a última volta, quando recebi uma batida maldosa do Oscar Moraes. Ele estourou o flexível de freio do meu carro. Logo em seguida, o carro dele rodou e mesmo sem freio eu acabei ultrapassando e terminei em segundo lugar”, relatou o piloto.

Na avaliação de Bruno Leme, o desempenho no último fim de semana foi positivo e a expectativa é que a segunda etapa, que será realizada no dia 19 de abril, seja ainda melhor em relação aos resultados. “Nós tivemos um bom resultado no desenvolvimento que começamos a fazer no carro. Ainda temos mais coisas para dar continuidade. Esse ano promete. Foi só a primeira etapa de um total de dez. Vamos para a próxima com mais força e mais vontade”, finalizou o piracicabano.

Voltar