fbpx

Líder Esportes

Automobilismo

Bruno Leme admite ansiedade por título inédito

Piracicabano está perto de conquistar o Campeonato Paulista de Fórmula 1.600

Bruno Leme, piloto da equipe Alfia de Fórmula 1600
Bruno Leme está perto de conquistar o título da categoria pela primeira vez (Foto: Marcus/Pavan Fotografia)

O cancelamento da nona etapa do Campeonato Paulista de Fórmula 1.600 deixou o piracicabano Bruno Leme ainda mais perto do título inédito da competição. Restando uma rodada para o encerramento da temporada, agendada para o mês de dezembro, o piloto da equipe Alfia é líder isolado na classificação geral. Nas 16 provas já disputadas, Bruno Leme conquistou dez vitórias e foi o segundo colocado em três ocasiões. Segundo o regulamento, os cinco piores resultados são descartados e a classificação final leva em consideração 15 corridas.

Perguntado sobre a expectativa, Bruno Leme admite que está ansioso. “Não vou mentir: a ansiedade existe, mas acho que consigo lidar bem com essa situação. Na hora da corrida, tenho sangue frio suficiente para controlar a situação. A expectativa é pela chegada das duas corridas e pela definição do título. Nós temos uma vantagem importante sobre os concorrentes e chegaremos preparados para as últimas provas”, disse. A cada etapa, são disputadas duas corridas com duração de 12 voltas ou 30 minutos, com inversão de grid para os dez primeiros colocados na prova final de cada jornada.

“A temporada 2017 foi muito boa para nós, pelo número de vezes que vencemos e chegamos ao pódio. Do meio do ano para cá, a equipe cresceu bastante. Hoje, temos seis carros e devem chegar mais dois no fim do ano. Isso é resultado de muito trabalho, empenho e dedicação. A minha evolução na pilotagem e o crescimento da equipe na preparação dos carros é algo que estamos compartilhando com os companheiros. Nós não paramos: a cada corrida, procuramos um detalhe para melhorar”, afirmou Bruno Leme.

AJUSTES

De acordo com o piloto piracicabano, a equipe Alfia aproveita o intervalo no calendário para ajustar os carros. “Nessa janela que estamos tendo entre as corridas, estamos procurando acertos de suspensão e motor, algo para chegar mais ‘armado’ para a última etapa. Nós temos uma equipe de alto nível, com o Claudio Daniel, que é um piloto veterano de muita história no automobilismo; Marco Vale, que é bom piloto; Fábio Farias, que está começando agora e buscando espaço; Rogério Teixeira, que também é novo; e o Thomaz Soubihe, que deve voltar em janeiro”, completou.

Voltar