fbpx
Boxe

Batagello estreia na Europa com bronze na Hungria

Pugilista piracicabano faz boas lutas e conquista medalha em torneio internacional de boxe

Ramon Batagello, pugilista piracicabano
Ramon Batagello, pugilista piracicabano, garantiu o lugar no pódio em Debrecen (Foto: Divulgação)

O piracicabano Ramon Batagello conquistou a medalha de bronze no 66º Bocskai Istvan Memorial, torneio internacional de boxe que terminou no último fim de semana em Debrecen, na Hungria. Atleta da seleção brasileira olímpica, Batagello disputou a categoria 92 kg e superou o húngaro Daniel Baracsi para garantir o lugar no pódio. Na semifinal, o pugilista piracicabano foi superado por pontos pelo ucraniano Evgeniy Pavlovskiy, em luta equilibrada: 3×2. “É um momento de muito aprendizado, estou ganhando experiência e tenho os meus objetivos claros. Feliz com a minha primeira competição na Europa”, disse Batagello.

A equipe masculina de boxe do Brasil faturou o total de nove medalhas na Hungria, sendo cinco de ouro e quatro de bronze. No feminino, a delegação conquistou quatro ouros, uma prata e dois bronzes no primeiro evento internacional do ciclo olímpico Paris 2024. “A vaga para os Jogos Olímpicos é o meu foco. Gostei das lutas que fiz, enfrentei adversários difíceis e acredito que estou no caminho correto”, completou o atual campeão brasileiro de boxe elite.

PRÉ-TEMPORADA

Batagello iniciou a pré-temporada com a equipe olímpica do Brasil no dia 10 de janeiro, quando ocorreu a apresentação dos pugilistas em São Paulo. Em 2022, foram convocados 16 atletas da categoria elite masculina e mais dez lutadoras do boxe feminino elite. Além do lutador, Piracicaba é representada na seleção nacional por Julia Alves, que foi medalha de prata na categoria 57 kg logo na estreia no Campeonato Elite Feminino de Boxe, em Cuiabá (MT), no último mês de dezembro.

Os principais desafios do Brasil nesta temporada serão os Jogos Sul-Americanos, agendados para outubro, no Paraguai, e o Campeonato Continental das Américas, que acontece na última semana de março, no Equador. Em maio, será realizado o Campeonato Mundial Feminino, entre os dias 5 e 21, em Istambul, na Turquia. De acordo com a CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe), o objetivo é introduzir o Brasil no circuito internacional com competições realizadas no país – o planejamento é organizar em junho o primeiro GP Internacional do Brasil.

Voltar