fbpx
Boxe

Batagello é bronze no Campeonato Continental das Américas

Lutador piracicabano fica em terceiro lugar na categoria até 92 kg; Brasil brilha no feminino e masculino

O piracicabano Ramon Batagello conquistou o bronze no Campeonato Continental de Boxe das Américas, que terminou no último fim de semana em Guayaquil, no Equador. O atleta ficou com o terceiro lugar na categoria até 92 kg. O Brasil foi o país que mais medalhas douradas garantiu no evento, somando as categorias femininas e masculinas. A seleção brasileira trouxe para casa sete ouros, duas pratas e três bronzes. O Estados Unidos (seis ouros, três pratas e cinco bronzes) ficou com a segunda colocação no quadro geral. O torneio reuniu o total de 194 pugilistas que representaram 25 países.

Ramon Batagello, pugilista do Centro Esportivo MR

Batagello conquistou a medalha de bronze no Campeonato Continental (Foto: CBBoxe/Divulgação)

“Foi o meu primeiro Campeonato Continental. Não foi como eu quis, mas é preciso levantar a cabeça e continuar no foco. A terceira colocação, garantindo a medalha de bronze para o Brasil, foi importante”, afirmou Batagello, que em 2022 também foi bronze no 66º Bocskai Istvan Memorial, torneio internacional de boxe disputado em Debrecen, na Hungria. Além do lutador piracicabano, a equipe masculina do Brasil faturou o ouro com Abner Teixeira (+92 kg), Keno Marley (86 kg), Luiz Oliveira (57 kg) e Wanderson Oliveira (67kg); a prata com Isaias Filho (80 kg); e o bronze com Jhonatan Conceição (71 kg).

FEMININO

Já o boxe feminino do Brasil conquistou três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze no Equador. Hexacampeã dos Jogos Abertos do Interior, evento em que representou Piracicaba, a baiana Bárbara dos Santos foi a campeã da categoria 70 kg. Na final contra a mexicana Tamara Sandoval, a impôs o ritmo e venceu por 3×2 na contagem dos árbitros. Beatriz Ferreira (60 kg) e Beatriz Soares (69 kg) também garantiram o lugar mais alto do pódio para a seleção brasileira. Rebeca Lima (63 kg) e Viviane Pereira (75 kg) encerraram a participação com a prata e o bronze, respectivamente.

Voltar