fbpx
Futebol

Base do Alvinegro volta a campo neste sábado

No time sub-20, Dênis Augusto substitui Xandão, que foi para o São Paulo

Denis Augusto, técnico da equipe sub-17 do XV de Piracicaba
Dênis retorna ao XV de Piracicaba para comandar a equipe no Campeonato Paulista (Foto: Arquivo/Vitor Prates)

Em jogos válidos pela sexta rodada do Campeonato Paulista Sub-15 e Sub-17, as equipes de base do XV de Piracicaba voltam a campo neste sábado (11) para encarar o Primavera, no estádio Barão da Serra Negra. O time infantil do Nhô Quim ocupa a quarta colocação do Grupo 6, com quatro pontos ganhos. Na mesma posição, a equipe juvenil tem seis pontos somados. As partidas acontecem em sequência, com o sub-15 entrando em campo às 9h, e o sub-17 atuando às 11h.

Pela quinta rodada da Primeira Divisão Sub-20, o Alvinegro enfrenta o Capivariano, também no sábado, às 15h, na Arena Capivari. O Nhô Quim tem cinco pontos ganhos e está em quinto lugar no Grupo 2. A partida marca a estreia de Dênis Augusto no comando do time júnior do XV, substituindo Alexandre Torrezan, o Xandão, que se transferiu para o São Paulo, onde comandará o elenco sub-16. A reportagem entrou em contato com o ex-treinador quinzista, que falou sobre a oportunidade recebida pelo Tricolor Paulista.

“Foi uma grande alegria e realização profissional receber esse convite, podendo retornar ao clube que me revelou. Desde quando parei de jogar e comecei a trabalhar como treinador, eu tracei esse objetivo, corri atrás, me preparei, fiz cursos, comecei minha faculdade de educação física, esperando uma oportunidade dessas. Graças a Deus, ela chegou, e espero agarrá-la com todas as forças, podendo crescer dentro do São Paulo e me tornando um grande treinador de futebol”, disse Xandão.

“Tenho muito a agradecer ao XV de Piracicaba e as pessoas que me ajudaram no clube. Sou muito grato ao XV, que me deu a primeira oportunidade de mostrar o meu trabalho. Se não fosse o XV, essa chance jamais iria chegar. Agradeço muito a diretoria atual e a passada, pois abriram as portas para mim. Quem sabe no futuro ainda poderemos retornar ao XV para desenvolver um grande trabalho”, concluiu Alexandre Torrezan.

Voltar