fbpx
Aikidô

Aula para meninas amplia número de praticantes

Atividades incluem gestos técnicos e conteúdo lúdico na Escola Aiki Kaizen

Escola Aiki Kaizen de Aikidõ - Turma Feminina
As meninas que praticam aikidô na Escola Aiki Kaizen Piracicaba (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

Arte marcial desenvolvida no Japão, conhecida pelos rolamentos e pela filosofia de não promover as competições, o aikidô tem expandido os adeptos. Em Piracicaba, um grupo de meninas pratica a modalidade na Escola Aiki Kaizen, espaço fundado por Roney Antonio Rodrigues Filho e Luciano van den Broek, em fevereiro de 2005, e associado à União Brasileira de Aikidô. As aulas, que além de gestos técnicos da arte incluem conteúdo lúdico, são destinadas a qualquer perfil.

“Na época que comecei, meus amigos perguntaram se eu ia fazer mesmo aikidô, porque eu sou muito quietinha. Mas acho que o aikidô é para todo mundo, inclusive, me ajudou a ficar menos tímida”, contou Giulia Ferraz, 12. O primeiro contato dela com a arte aconteceu há três anos. Na época, Giulia fazia kung fu. “Alguém me falou do aikidô e meus pais me trouxeram para conhecer. O aikidô é mais calmo, para defesa. O que eu mais gosto é que as pessoas são gentis, nós nos sentimos bem aqui. A aula é legal, gosto dos rolamentos, e da brincadeira (risos)”, disse.

A história de Satya Benedetti, 12, é parecida com a da amiga. No aikidô há quase cinco anos, ela foi levada à Escola Aiki Kaizen pelos pais. “A minha mãe tinha feito aikidô quando era menor. Hoje, o meu irmão também faz. O que eu mais gosto de fazer é o movimento em dupla, e também gosto muito na hora da brincadeira (risos). O sensei Roney interage muito com a gente, gosto das aulas e dos desafios que ele faz e valem prêmios, como sorvete (risos)”, relatou a menina, que completou.

“Aqui, eles sempre querem receber bem as pessoas. Ajuda bastante ter mais meninas treinando, a gente se dá muito bem, mas todo mundo se trata como se fosse uma família, tem muito respeito”, afirmou Satya. Assim como Giulia, ela está no sétimo ano do ensino fundamental. Na opinião de ambas, o contato com a arte marcial japonesa tem sido importante também para melhorar o desempenho escolar, principalmente nos aspectos da concentração e da disciplina.

“Ajuda bastante na escola, principalmente na questão da concentração, por causa dos exercícios que a gente faz, também aprende a controlar da respiração”, disse Satya. “A disciplina que nós aprendemos aqui faz diferença, me deixa mais calma quando eu estou nervosa. O aikidô ensina bastante coisa para gente e que dá para usar em várias situações”, complementou Giulia. A Escola Aiki Kaizen Piracicaba fica na rua Campo Salles, 1.919. Mais informações pelo telefone (19) 98238-0009.

Voltar