fbpx
Karatê

Atleta da Sport Way garante vaga na seleção brasileira

Gustavo Conceição Souza, de 15 anos, é o novo integrante da seleção brasileira cadete

Atleta da equipe piracicabana Sport Way/Selam, o karateca Gustavo Conceição Souza, de 15 anos, é o novo integrante da seleção brasileira cadete
O karateca Gustavo Conceição Souza, de 15 anos, é o novo integrante da seleção brasileira cadete (Foto: Líder Esportes)

Atleta da equipe piracicabana Sport Way/Selam, o karateca Gustavo Conceição Souza, de 15 anos, é o novo integrante da seleção brasileira cadete. A vaga foi conquistada no último fim de semana, durante a Seletiva Nacional Sub-14, Cadete, Júnior e Sub-21, realizada pela CBK (Confederação Brasileira de Karatê) em Natal (RN). Gustavo disputou três lutas na capital potiguar e deixou o tatame satisfeito com os resultados. “Foram lutas que eu posso dizer que dei o meu melhor e que deu tudo certo”, afirmou.

Perguntado sobre o que a vaga na seleção brasileira representa para a sequência da carreira, o lutador disse que a sensação é ‘surreal’. “Foi uma coisa que eu sempre sonhei desde que comecei a competir. No início, era uma coisa que eu julgava ser impossível de conseguir, mas quando escutei o meu nome e soube que a vaga era minha minha, foi uma sensação surreal, demorou um pouco para a ficha cair”, contou Gustavo, que é natural de Capivari, foi revelado pelo sensei Edison Zuin, e treina com a equipe piracicabana Sport Way/Selam há cerca de cinco meses.

O atleta também destacou o papel de Natalia Brozulatto na preparação para a seletiva. Doze vezes campeã brasileira e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos, a lutadora foi a parceira de treino de Gustavo no período pré-competitivo. “A importância dela foi muito grande. A Natalia sempre esteve à disposição para me ajudar com o que eu precisasse, muitas vezes passávamos treino por semanas seguidas, tudo para me deixar o mais preparado possível para esse dia. Tenho muito a agradecer a ela”, destacou.

A estreia de Gustavo na seleção brasileira está agendada para o mês de abril. Entre os dias 20 e 26, o karateca disputa na Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra, o Campeonato Sul-Americano. “É uma responsabilidade enorme. Representar o Brasil é uma coisa que muitos almejam. São apenas duas vagas e consegui uma, agora tenho que provar que eu merecia essa vaga, com foco nos treinos e na preparação. Não é porque eu entrei na seleção que o trabalho acabou, pelo contrário, isso é apenas o começo”, completou.

Voltar