fbpx
Futebol

Após rodízio, Fábio quer ‘prolongar’ a carreira

Goleiro acena com a possibilidade de seguir jogando mais uma temporada

O técnico Tarcísio Pugliese terá muitos desfalques para a partida contra o Noroeste (Foto: Divulgação)

Prestes a completar 41 anos, o goleiro Fábio é o atleta mais experiente do elenco do XV de Piracicaba que disputa a Copa Paulista. Na última sexta-feira (16), contra o Velo Clube, ele estreou na competição. Após garantir a classificação antecipada, o técnico Tarcísio Pugliese optou por realizar um rodízio entre os goleiros, mas deve cessar a medida a partir da próxima rodada, quando o Alvinegro decidirá a primeira colocação do Grupo 2.

“Acho que foi uma boa ‘estreia’. Confesso que eu estava um pouco ansioso. Participei de muitos jogos na minha carreira e comentei com o pessoal que estava ansioso. Acho que isso é o que move o atleta, ainda mais um experiente como eu. Senti ainda aquele friozinho na barriga e fiquei feliz por isso também, pois a partir do momento que o atleta não sente mais isso, tem que parar de jogar. É sinal que eu devo jogar mais um ano, um ano e pouco”, disse o goleiro.

No próximo sábado (24), às 15h, o Nhô Quim encara o Noroeste no estádio Barão da Serra Negra. Sem poder contar com o lateral-direito Jéfferson Feijão, os zagueiros Douglas Marques e Gilberto Alemão, e o atacante Luizinho, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo recebido diante do Galo Azul, o treinador quinzista terá que mexer mais uma vez na equipe titular. Além deles, o lateral Robertinho e o meia Danilo Bueno, lesionados, devem completar a lista de desfalques.

Fábio, goleiro do XV de Piracicaba

Experiente, Fábio diz que ainda sente ‘frio na barriga’ antes dos jogos (Foto: Vitor Prates)

“Estamos bem concentrados, sabemos que não conquistamos nada ainda e estamos longe disso. Nem a primeira colocação está garantida. Temos mais um jogo no sábado e faremos de tudo para vencer, embora todos saibam que temos muitos desfalques, mas o elenco é forte e grande justamente para esses momentos. Na segunda fase precisamos entrar ainda mais fortes para alcançar o quanto antes a nossa classificação para a fase seguinte”, completou Fábio.

Voltar