fbpx
Judô

Após eventos, Heisei exalta trabalho de formação

A equipe piracicabana participou do Torneio Regional e da Copa Real União

Equipe Heisei de Judô - Piracicaba
A equipe Heisei colheu bons resultados no último fim de semana (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

Dando sequência à maratona de competições agendadas para os meses de abril e maio, a equipe piracicabana Heisei/Atmosphera disputou mais dois eventos no último fim de semana, em Araraquara: o Torneio Regional, classificatório para a fase estadual do Campeonato Paulista Sênior, e a Copa Real União de Judô. Na primeira, o grupo comandado pelos treinadores Beninho e Rene Mattos levou três atletas, sendo duas crianças e o experiente Daniel Krieck, que conquistou a medalha de bronze, mas ficou sem a vaga para o Paulista. Juan Escobar e Matheus Costa não chegaram ao pódio.

“Os dois meninos não conseguiram medalha, mas isso não quer dizer algo negativo. É uma experiência legal, foi a primeira participação deles em campeonato e encararam o Regional, que geralmente reúne crianças com uma bagagem maior. Foi válido para a formação e o aprendizado deles”, disse Rene. “O Daniel fez boas lutas e lutas em que percebemos que há margem para evolução. Para se classificar à fase estadual sênior, ele teria de ser campeão. O foco dele agora é o Campeonato Paulista Máster”, completou o treinador.

COPA REAL UNIÃO

Na segunda competição do fim de semana, o cenário foi diferente: das nove crianças inscritas pela Heisei/Atmosphera, seis voltaram para casa com medalhas, sendo cinco de ouro e uma de bronze. Foram eles: Antonella Paiva (sub-11, leve), Danilo Pereira Franck (sub-13, meio-leve), Helena Paiva (sub-9, leve), Isabela Curti (sub-9, meio-leve) e Klaus Waller (sub-9, ligeiro), todos campeões. O bronze foi para Felipe Tsuruta (sub-9, médio), enquanto Carolina de Moraes, José Carlos Curti e Rafael Gobbin não se classificaram.

“Foi um resultado muito positivo, sendo que metade das crianças também eram estreantes. Surpreendemos. Além de perceber o bom momento técnico, notamos que há uma boa preparação psicológica. Os eventos internos que realizamos na academia preparam bastante. Antes de uma estreia em competição externa, elas (crianças) sempre têm essa experiência interna. São situações que eles passam em um ambiente mais ‘controlado'”, finalizou Rene. A Heisei/Atmosphera volta a competir no dia 19 de maio, pela Copa Hortolandense, evento que tem caráter amistoso.

Voltar