fbpx
Futebol

Após discussão, XV rescinde contrato de Pugliese

Treinador e presidente do clube tiveram atrito sobre questão financeira; entenda

Tarcísio Pugliese, treinador do XV de Piracicaba
Tarcísio Pugliese comandou o XV de Piracicaba em 59 oportunidades (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

*Colaboração: Marcelo Sá

O XV de Piracicaba anunciou nesta quarta-feira (8) a rescisão do contrato do técnico Tarcísio Pugliese. Em comunicado oficial, o clube piracicabano afirma que a decisão foi tomada em razão da “atual situação financeira” do Alvinegro. A nota diz que também pesou para a saída do treinador a indefinição em relação ao retorno do elenco aos treinos presenciais e a retomada da Série A2 do Campeonato Paulista, que está paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). LÍDER apurou, entretanto, que o principal motivo da rescisão foi uma discussão ríspida entre Pugliese e o presidente do clube, Arnaldo Bortoletto.

A ‘briga’ ocorreu no dia 26 de junho, quando as duas partes não se entenderam no que diz respeito à redução financeira proposta pelo XV de Piracicaba ao treinador. Pugliese teria questionado o presidente sobre o valor que, de acordo com ele, o clube havia prometido; Bortoletto teria respondido que o valor oferecido havia sido diferente. Irritado, o técnico teria chamado o presidente de “desonesto”. Bortoletto, reticente ao trabalho de Pugliese desde que o treinador pediu a saída do ex-assessor da presidência, Douglas Pimenta, ordenou “dar baixa” na carteira do técnico.

Tarcísio Pugliese deixa o XV com uma sensação ‘agridoce’. Foram 59 jogos disputados, com 27 vitórias, 19 empates e 13 derrotas, com o aproveitamento total de 56,49%. Após um ano e meio de trabalho, porém, os principais objetivos não foram conquistados. Em 2019, o elenco comandado pelo treinador bateu na trave ao perder o acesso para a elite do futebol estadual contra a Inter de Limeira, nos pênaltis. No segundo semestre, o Alvinegro ficou com o vice-campeonato da Copa Paulista ao ser derrotado pelo São Caetano na final. Em 2020, o XV foi eliminado na segunda fase da Copa do Brasil e ocupava a quinta colocação na Série A2 do Paulista. Leia abaixo a íntegra da nota oficial divulgada pelo clube:

“O XV de Piracicaba informa que o contrato do técnico Tarcísio Pugliese foi rescindido e, portanto, o profissional deixa o clube. A atual situação financeira do Alvinegro Piracicabano e as indefinições em relação a uma data para a volta do elenco aos treinamentos presenciais e da disputa da atual edição do Paulistão A2 2020, paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus, pesaram para que esta decisão fosse tomada.

O Nhô Quim agradece os serviços prestados pelo treinador durante cerca de um ano e oito meses, período em que a equipe chegou às semifinais do Paulistão A2 e da Copa Paulista, no ano passado, e à inédita segunda fase da Copa do Brasil, já neste ano”.

Voltar