fbpx

Líder Esportes

Automobilismo

Aos 15 anos, piloto é campeão na Fórmula Vee

Nathan Brito domina a última etapa do ano e confirma título em Piracicaba

O piloto Nathan Brito com a mãe, Milena, após a conquista do título da Copa ECPA de Velocidade, categoria Fórmula Vee
Nathan Brito com a mãe, Milena, após a conquista do título da Copa ECPA (Foto: Fernando Santos/Divulgação)

Revelação do automobilismo nacional, Nathan Brito conquistou no último sábado (20), em Piracicaba, a Copa ECPA de Velocidade. Foi o primeiro título do piloto, que iniciou a carreira na atual temporada, na Fórmula Vee. Com a conquista, Brito irá participar da Challenge Cup Series, competição de categoria que é realizada no Canadá e EUA. Com apenas 15 anos, o piloto garantiu o título ao vencer as duas provas da etapa final da competição no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo.

Nathan Brito repetiu o ‘show’ que deu nas três provas anteriores e, além de vencer as duas baterias, cravou as duas poles e fez as duas voltas mais rápidas do fim de semana. De quebra, ele terminou a temporada com o recorde da pista e o maior número de poles: oito, em dez provas. “É incrível vencer um título tão importante logo em meu primeiro ano no automobilismo”, disse o campeão, que é filho de Valdeno Brito, piloto da Stock Car. “Fico muito feliz por fazer parte desta história e, quem sabe, seguir os passos dos ídolos que passaram pela categoria”.

Nathan Brito, campeão da Copa ECPA de Velocidade, categoria Fórmula Vee

Nathan Brito, campeão da Copa ECPA de Velocidade, categoria Fórmula Vee (Foto: Fernando Santos)

Nathan Brito brilhou na segunda metade da Copa ECPA de Velocidade. Após um início turbulento, ele venceu as últimas cinco provas da temporada, em Piracicaba, e terminou a competição com 159 pontos. Gabriel Paulino foi o vice com 138, enquanto Rafael Caputi ficou em terceiro, com 123 pontos. Na corrida final, Brito e Caputi travaram um duelo épico pela liderança, com várias ultrapassagens ao longo da prova. Brito venceu por apenas 0s920.

Para Wilsinho Fittipaldi, atual consultor da categoria, o título foi justo. “O Nathan fez um campeonato fantástico, superando as dificuldades no início para se tornar praticamente imbatível na reta final. Ele está de parabéns, tem um futuro brilhante pela frente”, afirmou o dirigente, que aponta a Fórmula Vee como formadora de pilotos. “O projeto já dura 51 anos, é o caminho para o automobilismo nacional, oferecendo a chance de competir em carros de baixo custo. É uma verdadeira escola para quem quer seguir carreira no esporte”.

EXTERIOR

Campeão, Nathan Brito irá participar de uma etapa da Challenge Cup Series. A parceria existe há dois anos, visando o intercâmbio internacional de pilotos. No Brasil, seis pilotos estrangeiros já participaram de provas em Interlagos, enquanto dois brasileiros já correram no exterior. “É uma grande oportunidade que a Fórmula Vee me oferece para ganhar experiência e continuar crescendo como piloto”, afirmou Brito, que ainda busca mais um título em 2018: ele lidera o Campeonato Paulista da Fórmula Vee Júnior, que terá a última etapa em dezembro, em Interlagos.

Voltar